Consultor Jurídico

Notícias

Desafios e oportunidades

Advocacia debate soluções para a crise na profissão com a Covid-19

Dirigentes de seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil e lideranças da advocacia debaterão, nesta segunda-feira (14h), soluções para a crise causada pelo novo coronavírus (Covid-19) na advocacia e no Judiciário.

O webinar, que será gratuito, é promovido pela Associação dos Advogados (AASP) e contará com a participação de representantes da OAB de cinco regiões. O tema é "Como será a profissão jurídica depois que a pandemia passar?". Para participar basta se inscrever no site da Aasp.

Participam do encontro: Renato Cury (presidente da Aasp); Cássio Telles (presidente da OAB-PR); Cristiane Damasceno (vice-presidente da OAB-DF); Cristina Lourenço (vice-presidente da OAB-PA); Ricardo Breier (presidente da OAB-RS); Katianne Wirna (Tesoureira Adjunta da OAB-CE) e Leonardo Sica (ex-presidente da Aasp e presidente do Instituto M133).

Revista Consultor Jurídico, 12 de abril de 2020, 16h31

Comentários de leitores

3 comentários

Sugestão. Vamos nos espelhar em outros profissionais de

Rodrigo Zampoli Pereira (Advogado Autônomo - Civil)

outras áreas. A CRISE da Advocacia não é do COVID-19, já vem se alastrando a muito tempo, por culpa nossa do Advogados (as) guardadas as devidas EXCEÇÕES.

1º O Advogado (a) tem que cobrar consulta;

2º Os dirigentes da OAB, sejam subseções, seccionais, nacional, tem que abrir o horizonte mental da Advocacia (campanhas, propagandas, etc..., etc..., etc...) para que os colegas cobrem honorários no começo, no meio, e no fim da ação (honorários contratuais). Quem trabalha no risco não tem VALOR, já cometi este erro, já tomei cano trabalhando desta forma, eu tenho minha parcela de culpa nisto. Me retrato, e peço desculpas, perdão, a ADVOCACIA, por este erro que já cometi por mais de uma vez. Advogado não é sócio de cliente.

3- Tragam na próxima oportunidade, o Corretor de Imóveis, o Presidente do CRECI-SP José Augusto VIANA Neto para PALESTRAR PARA OS ADVOGADOS (AS) onde o mesmo fala nas suas palestras mais ou meno assim: "Corretor de imóveis tem que ganhar bem, tem que ser rico, e, trabalhando com ética, vamos conseguir isto... . "

Dentro da proporcionalidade, e, razoabilidade, é importante o voluntariado, faz bem para nós mesmos, mas cuidado, tendo em vista, eu desconhecer algum Advogado (a) que viva de vento, que pague suas contas com somente o muito obrigado, os apertos de mãos, o afago, os impostos e tributos sem o dinheiro ético.

4-) Frase de Ivan Maia (Empresário) "SOLUÇÕES HUMANAS:

"O MUNDO SÓ MUDA, QUANDO A GENTE MUDA".

Bons Advogados (as) o povo paga, isto, sem falar nos ótimos e excepcionais.

Acorda ADVOCACIA.

Atenciosamente,

Rodrigo Zampoli Pereira
OAB-MT 7198
OAB-SP 302569

Responder

Sem honorários - ii

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Aconselho a OAB comprar milhões de cestas básicas e distribuir aos seus associados.
É o mínimo que se espera da organização capitaneada pelo Senhor Felipe de Santa Cruz Oliveira Scaletsky, aquele que não deveria estar lá.

Responder

Sem honorários - i

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Sem honorários contratuais, sucumbenciais e equitativos, sem clientes, sem pensamento, sem condições materiais, o advogado olha no espelho e fala: "Quem sou eu?".

Responder

Comentários encerrados em 20/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.