Consultor Jurídico

Notícias

Novos projetos

TJ-SP cria laboratório de inovação para melhorar prestação jurisdicional

Por 

O Tribunal de Justiça de São Pulo oficializou nesta sexta-feira (11/10) a criação de um laboratório de inovação, vinculado à Diretoria de Planejamento Estratégico (Deplan), com o objetivo de criação e desenvolvimento de projetos diferenciados e para disseminar a cultura de inovação. O laboratório foi batizado de INOV@TJ!.

Visão noturna do Tribunal de Justiça de SP
Daniel Gaiciner/TJ-SP

Conforme portaria publicada nesta sexta-feira (11/10) no Diário da Justiça Eletrônico, assinada pelo presidente Manoel Pereira Calças, o laboratório será um "espaço criativo, reflexivo e colaborativo destinado à cocriação, exploração e testes de ideia, conceitos ou sugestões envolvendo questões, problemas e projetos do tribunal, objetivando o desenvolvimento e aprimoramento de novos produtos, soluções, serviços ou reformulação de processos de trabalho com o intuito de maior eficiência institucional e melhor prestação jurisdicional".

Os trabalhos do laboratório serão orientados por nove diretrizes, tais como a busca de inovação e otimização dos recursos do TJ-SP, a transparência de dados, a cocriação de projetos de interesse, envolvendo atores diversos, visão multidisciplinar sobre os problemas, com trocas de experiências, além de flexibilidade e desburocratização e uso de metodologia de design, experimentação e avaliação.

O laboratório terá instalações e equipamentos próprios. As reuniões poderão ser feitas mensalmente, de forma presencial ou remota. Segundo o TJ-SP, a cada semestre, será definido um problema, questão ou desafio, que será discutido e estudado no laboratório. Ao final desse período, serão divulgados os resultados e conclusões dos trabalhos.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 11 de outubro de 2019, 16h08

Comentários de leitores

2 comentários

Ideia

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

Podiam inovar, fazerem um workshop sobre "como começar cumprir as leis?"

Trf-3

O IDEÓLOGO (Outros)

Seguiu o TJSP o TRF-3.

Ver todos comentáriosComentar