Consultor Jurídico

Notícias

Dívida com a União

Juiz federal condena Neymar a pagar R$ 88 milhões em execução fiscal

Neymar terá que pagar R$ 88 milhões ou nomear bens em ação de execução da PGFN
Reprodução

Neymar terá que pagar uma dívida de R$ 88.148.707,21 com a União ou nomear bens do seu patrimônio para garantir a execução fiscal. Essa foi a decisão do juiz Roberto da Silva Oliveira, da 7ª Vara Federal de Santos. A informação é do site Globo.esporte.com.

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional decidiu ingressar na Justiça com uma ação de execução contra o jogador em outubro deste ano.

A PGFN também inseriu na ação como corresponsáveis o pai do atleta, Neymar da Silva Santos, a mãe, Nadine Gonçalves, e as empresas Neymar Sport e Marketing, N&N Consultoria Esportiva e Empresarial e N&N Administração de Bens.

A defesa de Neymar está sendo feita pelo escritório Trench Rossi Watanabe.

Revista Consultor Jurídico, 27 de novembro de 2019, 22h02

Comentários de leitores

2 comentários

Neymar

cac (Advogado Autônomo - Civil)

O jogador brasileiro deve pedir ajuda pro seu amigo presidente ou se aproximar do véio da havan

Não é o primeiro

JMGoncalves (Economista)

São pouco mais de dezassete milhões de Euros. Pelos mesmos motivos (fuga aos Impostos), na Europa já futebolistas pagaram mais que o Neymar.

Comentários encerrados em 05/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.