Consultor Jurídico

Notícias

Gesto simbólico

Corregedoria vai investigar participação de magistrados em ato para Lula

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a investigação sobre a participação de magistrados no ato "Boa noite, presidente Lula", que aconteceu nesta quinta-feira (21/3), na sede da Polícia Federal, em Curitiba. 

Luiz Silveira / Agência CNJHumberto Martins quer saber quais magistrados participaram de ato para ex-presidente Lula

A Corregedoria informou que vai adotar providências com relação aos magistrados que, ao participarem do ato, violaram a Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) e o Código de Ética da Magistratura. O nome dos magistrados não foi divulgado.

Humberto Martins recebeu um documento sobre o ato em que constam nomes de magistrados. Com isso, pediu informações para verificar quais magistrados estiveram ali, já que podem ter tanto juízes ativos quanto aposentados. "É necessário fazer essa distinção, uma vez que os magistrados inativos não se submetem ao Conselho Nacional de Justiça", disse. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 22 de março de 2019, 19h12

Comentários de leitores

4 comentários

O facismo é para poucos

André Pinheiro (Advogado Autônomo - Tributária)

Este é um caso claro que a democracia morreu sem nascer no Brasil. Vimos um espetáculo de juízes camisa da CBF e uma enxurrada de ações impopulares serem julgadas momentaneamente e instataneamente, quando os juízes acreditaram que as manifestações seriam plurais foram para as ruas em defesa que acreditavam. Só que o fascismo brasileiro tinha uma resposta para esses desavisados. A lei era só para eles.

Blitzkrieg punitiva

O IDEÓLOGO (Outros)

contra Juízes violadores da lei que fazem proselitismo político, é necessária.

A ridicularizaçao da hipocrisia

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Imaginem um grupo de policiais e promotores protestando em frente a uma penitenciaria contra a prisão de bandidos condenados e por liberdade.
Pelo andar da carruagem não sera surpresa

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 30/03/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.