Consultor Jurídico

Notícias

Tabelamento de preço

Prefeito de cidade do interior do Maranhão baixa preço da carne por decreto

Prefeito decidiu baixar o preço da carne por decreto na cidade de Lagoa Verde (MA)
Reprodução

O prefeito Francisco Clidenor Ferreira do Nascimento (Cidania), de Lagoa Verde, no interior do Maranhão, decidiu baixar o preço da carne na canetada.

O decreto 040/2019 estabelece que os açougues da cidade voltem a cobrar o preço anterior à alta do produto.

O documento estabelece que a carne bovina com osso deve custar R$ 12 e a desossada, R$ 15.

O decreto foi publicado no último dia 6 de dezembro e entrou em vigor no mesmo dia.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, o secretário de Fazenda e Planejamento do município, Geyson Monteiro Aragão, disse que prefeitura estuda enviar aos açougues uma nova tabela de preços por ofício.

Aragão revelou que é cultural na cidade a prefeitura intervir no preço da proteína animal. Segundo ele, a administração local tentará um acordo para que o produto seja mais barato ao menos no final de ano.

Revista Consultor Jurídico, 12 de dezembro de 2019, 21h45

Comentários de leitores

3 comentários

Exportação

Dr. Biel (Advogado Autônomo)

Agora a china já sabe onde é o ponto ideal para comprar carne mais barata aqui no Brasil.

E agora?

João da Silva Sauro (Outros)

Ainda bem que é apenas um decreto, e não foram revogadas as disposições em contrário.
Seguindo a lei do mercado, ao invés de carne cara para todos, agora não teremos carne pra ninguém, pois sabidamente conhecido o efeito do tabelamento: se o empresário não pode controlar o preço, pode controlar a oferta, reduzindo-a a zero para evitar seu prejuízo.
Parabéns aos envolvidos.

Correção

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Quando escrito este comentário (01h30min da madrugada de 13.12.2019, fuso horário de Brasília), constava que a notícia se refere ao Município de Lagoa Verde / MA.
O nome correto do Município é Lago Verde / MA.
Sugiro a correção na notícia e a consequente exclusão deste comentário.

Comentários encerrados em 20/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.