Consultor Jurídico

Lanterna na proa

Celebração de Sérgio Bermudes mostra relevo da Advocacia

Salões de festa do Copacabana Palace ficaram lotados nos 50 anos do
escritório Sérgio Bermudes Advogados
ConJur

Os 50 anos do escritório Sérgio Bermudes Advogados foram celebrados com pompa inédita. Praticamente todos os salões festivos do Copacabana Palace foram tomados por mais de 3.300 pessoas que, das 20h de sexta-feira (6/12) até o amanhecer do sábado, consumiram — para ficar em dois números — 2 mil garrafas de Veuve Clicquot e 60 minutos de show de Ivete Sangalo.

A comemoração estendeu-se por cerca de 2 mil metros quadrados de ambientes decorados. O anfitrião e dono da festa só deixou o campo de batalha às 5h30, mas deixando para trás muita gente que continuou a desfrutar da maior festa do ano no Rio de Janeiro.

Advocacia, Judiciário e Ministério Público compareceram em peso. Ex-ministros de todos os últimos governos também, além de empresários, intelectuais, artistas e, claro, os muitos clientes do escritório aniversariante.

O privilegiado editor de Bermudes, Zé Mário Pereira, da Topbooks, contou 11 imortais da Academia Brasileira de Letras — Antônio Carlos Secchin, Alberto Venâncio Filho, Cacá Diegues, Antônio Cícero, Nélida Piñon, Rosiska Darcy, Candido Mendes, Carlos Nejar, Domício Proença Filho, Arnaldo Niskier e Merval Pereira.

Convidados durante o show de Ivete Sangalo
ConJur

O governador Wilson Witzel (PSC), o presidente do TJ-RJ, Cláudio Mello Tavares, Paulo Henrique Cardoso, o ex-prefeito Eduardo Paes, Gustavo Bebbiano, ex-ministro de Bolsonaro; Bernardo Cabral, Ernane Galveas... Os médicos Paulo Niemeyer Filho, Jair de Castro, Almir Ghiaroni e uma torrente de protagonistas que não se pôde distinguir no oceano de presentes.

Salões do Copacabana Palace estavam lotados
ConJur

Da pompa e da circunstância, o que a festa de Bermudes mostrou — além de riqueza, finesse e influência — é que o papel do advogado no Brasil, nos últimos 50 anos, tem mais relevo que o de qualquer outro segmento profissional.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de dezembro de 2019, 16h21

Comentários de leitores

4 comentários

Que Babado !!

Dita Alves (Administrador)

Lembra os eventos do sindicato de caminhoneiros, nos EEUU, no tempo do Hoffa.. Ver no filme "The Irishman", de 2019, na Netflix..

Lamentável

João Augusto Mendes (Advogado Autônomo - Civil)

O perfil de muitos dos convidados dá a medida da lama. Triste retrato do Brasil.

Lamentável

João Augusto Mendes (Advogado Autônomo - Civil)

A qualidade de muitos (senão a maioria) dos convidados dá a medida da lama. Triste retrato do Brasil.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.