Consultor Jurídico

Notícias

Programa por pontuação

OAB assina contrato com consultoria para implantar Anuidade Zero em 90 dias

O Conselho Federal da OAB assinou, na quarta-feira (10/4), um contrato de assessoria e auditoria com a empresa Deloitte para implementar o programa Anuidade Zero, que permite que advogados troquem pontos por descontos em anuidades. A medida já existe em seccionais, e a expectativa é que a ação comece a funcionar em até 90 dias em todo o país. 

Para implantar programa Anuidade Zero, Conselho Federal da OAB contrata empresa de consultoria e auditoria.
OAB/Conselho Federal

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, afirmou que o programa será uma das prioridades de sua gestão. “A parceria do Conselho Federal com as caixas de assistência resultará em muitos benefícios aos advogados de todo o Brasil, de todas as regiões", disse. "A implantação desse programa através da Deloitte dará segurança para todos", completou.

O programa funciona como um serviço de pagamento com bonificação. Segundo o Conselho Federal, serão feitas parcerias com estabelecimentos comerciais para a aquisição de produtos e serviços dessas lojas pelos advogados. O valor gasto nesses locais será convertido em pontos, que depois serão transformados em descontos ou no abatimento total no valor da anuidade.

O diretor-tesoureiro da OAB, José Augusto Araújo de Noronha, estima ainda que tudo esteja funcionando em um prazo de três meses. “A participação da Deloitte é um ponto fundamental para o início do Anuidade Zero, um programa que vai beneficiar toda a advocacia. Com essa consultoria e a auditoria teremos a segurança de um programa seguro e viável, capaz de gerar muitos benefícios aos advogados e advogadas. A nossa previsão é de que em 90 dias já teremos o início do programa”, explicou. Com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Federal da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 13 de abril de 2019, 15h25

Comentários de leitores

3 comentários

Saco de bondade

Dr Tubarão (Administrador)

Caros colegas
Será que este saco de bondade da OAB, deve estar relacionado ao projeto 832/2019.
Que quer acabar com o exame de ordem...

Alguém precisa falar o óbvio

Rodrigo P. Barbosa (Advogado Autônomo - Criminal)

É uma medida que irá beneficiar alguns, e não todos os advogados. Irá beneficiar advogados bem sucedidos e com altos gastos, exatamente aqueles que não têm qualquer dificuldade em pagar a anuidade.
Advogados em situação de dificuldade financeira não têm condições de pagar a anuidade e também não têm condições de realizar gastos, que imagino não sejam nada modestos, com parceiros para acumular pontos suficientes para não pagar a anuidade.
Pois tenho certeza que não serão pontos por comprar pão para os filhos, ou uma cesta básica para sua família.

Contrato

O IDEÓLOGO (Outros)

Com o contrato entre o escritório do Presidente da OAB/Federal e a Petrobrás, nada impede que ele implante a anuidade zero e, se necessário faça empréstimos à corporação.

Ver todos comentáriosComentar