Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Saída de fundador

Souza Cescon passa a se chamar Cescon, Barrieu, Flesch & Barreto Advogados

Com a saída de Luis Antonio de Souza, o escritório Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados mudou de nome e passou a se chamar Cescon, Barrieu, Flesch & Barreto Advogados.

Segundo a banca, o sócio-fundador Luis Souza a deixou por “visões diferentes sobre o futuro do escritório”. Porém, o colunista do jornal O Globo Lauro Jardim e o site Brazil Journal apontaram que a cisão ocorreu devido à tentativa do escritório de contratar a advogada Esther Flesch.

Especialista em compliance, ela foi uma das responsáveis por levar o ex-procurador da República Marcello Miller para o Trench, Rossi, Watanabe, onde os dois negociariam o acordo de leniência da JBS com a Procuradoria-Geral da República. No entanto, após ser revelado que Miller se envolveu no caso antes de deixar o Ministério Público Federal, ambos foram demitidos da banca. O irmão de Esther, Marcos Flesch, é sócio-gestor do Souza Cescon.

À ConJur, o Cescon Barrieu afirmou que essa versão não procede. "O escritório não negocia, nem tem a intenção de trazer Esther Flesch para seus quadros, como já informado anteriormente”.

Sem Souza, o sócio Alexandre Gossn Barreto passou a constar do nome do escritório. Na banca desde 2001, ele atua nas áreas de bancário e financeiro; mercado de capitais; recuperação de empresas; fusões e aquisições; fundos de investimento; private equity; tecnologia e propriedade intelectual; e project finance.

De acordo com a sócia-fundadora Maria Cristina Cescon, a mudança marca o início de uma nova fase. Porém, ela deixa claro que os princípios da firma continuam os mesmos.

“Com 17 anos de história, o Cescon Barrieu tem crescido exponencialmente desde a sua fundação e, nesse sentido, pudemos evoluir, ano a ano, o nível dos serviços prestados. Agora estamos em um patamar que nos permite dar continuidade à institucionalização do escritório. Mudamos a marca, mas a nossa visão, princípios e valores permanecem intactos, mantendo a excelência dos nossos serviços, pela qual somos reconhecidos.”

Atualmente, o Cescon Barrieu atende mais de 2 mil clientes de diversos setores e tem uma equipe de 40 sócios. São 200 advogados nos escritórios de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador.

*Texto alterado às 19h03 do dia 16/01/2018 para acréscimo de informações. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 16 de janeiro de 2018, 13h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/01/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.