Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Retrospectiva 2017

"Guia" para compreender a comunhão parcial de bens foi o artigo mais lido do ano

O artigo da advogada Eliette Tranjan sobre comunhão parcial de bens continua em destaque mesmo quase cinco anos após a sua publicação, tendo sido o texto opinativo mais lido na ConJur em 2017. Segundo a especialista em Direito de Família e Sucessões, os casais precisam compreender esse regime de divisão de bens. E para ajudar nessa árdua tarefa, ela apresenta um verdadeiro bê-á-bá sobre o assunto.

No entanto, o tema que realmente tem ganhado a atenção dos leitores é o Código de Processo Civil de 2015: dos 10 artigos mais lidos no ano passado, 7 abordam as mudanças trazidas pela nova legislação.

Os 10 artigos da ConJur mais lidos em 2017
Eliette Tranjan: Casais devem compreender comunhão parcial de bens132.483
visualizações
Luiz Henrique Volpe Camargo, Ricardo de Carvalho Aprigliano e Georges Abboud: Enunciado 165 do Fonaje, sobre prazos nos juizados, deve ser cancelado124.920
visualizações
Luiz Fernando do Vale de Almeida Guilherme e Gabriel Barreira Bressan: Novo CPC inova ao estipular início da contagem da prescrição intercorrente109.990
visualizações
Teresa Arruda Alvim Wambier e Arthur Mendes Lobo: Prazos processuais devem ser contados em dias úteis com novo CPC103.861
visualizações
Otávio Bueno da Fonseca Filho: Novo Código de Processo Civil quebra paradigma das "condições da ação"94.473
visualizações
Bárbara Lupetti: Como diferenciar as tutelas de urgência e da evidência no novo CPC92.283
visualizações
Lenio Luiz Streck: Juiz cita doutrinador Bolsonaro para negar liberdade! Estoquemos comida!70.269
visualizações
Lara Lobo Costa: Exceção de pré-executividade pode ser usada no novo CPC68.551
visualizações
Daniel de Carvalho Mendes e Adolpho Augusto Lima Azevedo: O panorama das tutelas provisórias no novo Código de Processo Civil67.846
visualizações
Rafael Caselli Pereira: A chegada do novo CPC/2015 e o adeus à Súmula 410 do STJ65.461
visualizações

Revista Consultor Jurídico, 4 de janeiro de 2018, 9h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/01/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.