Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

União faz a força

Advogados trabalhistas de 14 estados criam grupo de intercâmbio profissional

Um grupo de advogados trabalhistas de 14 estados e que desde 2014 já se reunia informalmente para trocar experiências formalizou a criação da Rede Lado, na qual os escritórios participantes irão promover trocas profissionais e de gestão e utilizar plataformas digitais de forma conjunta. Também serão feitos debates a respeito de temas relacionados à democracia e ao Direito do Trabalho.

A advogada Cristina Stamato conta que a Rede Lado surgiu da necessidade de defender os direitos trabalhistas.

“Há quatro anos, eu e o advogado Antônio Vicente Martins, do escritório AVM Advogados Associados, de Porto Alegre, nos encontramos e sentimos a necessidade de nos unirmos a outros colegas para tratar de temas de interesse comum, especialmente dentro da área sindical. Levantamos as mesmas bandeiras, os mesmos ideais e sabemos que, juntos, somos mais fortes na defesa contra retrocessos e cortes de direitos adquiridos. Começamos com cinco escritórios, e ao longo dos anos fomos ganhando volume por todo o país. Atualmente somos 22 escritórios e chegou a hora de formalizar a existência desta rede, que já realiza uma troca muito rica e pode ir ainda além. Assim, surge agora oficialmente a Rede Lado, que se posiciona de forma intransigente ao lado da defesa dos direitos do trabalhador, da democracia e da cidadania”, afirma Cristina Stamato, do escritório carioca Stamato, Saboya, Bastos & Rocha Advogados Associados.

Veja os escritórios que formam a Rede Lado:

SSBR - Stamato, Saboya, Bastos & Rocha Advogados Associados – Rio de Janeiro (RJ)

AVM Advogados Associados – Porto Alegre (RS)

CCM - Camargo, Catita, Maineri Advogados Associados – Porto Alegre (RS)

DVH e Advogados Associados S/S – São Leopoldo e Sapucaia do Sul (RS)

Carlos Chagas Advocacia Trabalhista e Sindical – Fortaleza (CE)

LBS – Loguercio, Beiro , Surian Sociedade de Advogados – Brasilia – Campinas – São Paulo e Goiânia.

Nuredin Ahmad Allan Advogados Associados – Curitiba (PR)

Advocacia Scalassara e Associados – Londrina (PR)

Allan, Salvador e Mendonça Advogados Associados – Curitiba (PR) 

Ramos Filho, Gonçalves e Auche Advogados Associados – Curitiba (PR)

Wagner Parrot Sociedade de Advogados – Juiz de Fora (MG)

Mello, Zilli, Schmidt e Prado Advogados Associados – Florianópolis (SC)

Galindo, Falcão e Gomes Advogados Associados – Recife (PE)

Arnon Nonato Marques Advogados Associados– Ilhéus (BA)

Geraldo Marcos Leite de Almeida e Advogados Associados – Belo Horizonte (MG)

Humberto Marcial Advogados Associados – Belo Horizonte (MG)

Fagundes, Schneider e Advogados Associados – Novo Hamburgo (RS)

Melo e Isaac Advogados – Salvador (BA)

Britto, Inhaquite, Aragão, Andrade e Advogados Associados – Aracaju (SE)

WFK, Weyl Freitas Kahwage David e Vieira Advogados Associados – Belém (PA)

Fonseca Advogados – Juiz de Fora (MG)

Higino Amazonas e Araujo Advogados Associados – Vitoria da Conquista (BA)

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 30 de dezembro de 2018, 7h02

Comentários de leitores

1 comentário

Despontando

O IDEÓLOGO (Outros)

Com a Lava Jato os profissionais de direito do Paraná estão se destacando.
Terra dos juristas Luiz Guilherme Marinoni, Marçal Justen Filho, Rodrigo Xavier Leonardo, do Doutor Sérgio F. Moro, da Gleise Hoffmann, do TJPR e do TRT 9a. Região.
Os Tribunais do Estado do Paraná destacam-se na aplicação justa da lei. Urge a criação de um Tribunal Regional Federal para apreciação das demandas locais.

Comentários encerrados em 07/01/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.