Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na magistratura

Morre desembargador Herbert Carneiro, presidente do TJ de Minas Gerais

Velório acontece nesta sexta-feira (6/4), às 9h, em Belo Horizonte. Renata Caldeira/TJ-MG

Morreu na noite desta quinta-feira (5/4) o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Herbert Carneiro. Ele tinha câncer. O velório esta marcado para as 9h no Salão do Plenário do TJ-MG (Av. Afonso Pena, 4001, bairro Serra, Belo Horizonte).

Natural de Conceição do Mato Dentro (MG), Herbert Carneiro era presidente do TJ-MG desde o dia 1º de julho de 2016. Formado em Direito pela PUC-MG, ingressou no TJ em 1980, na função de atendente judiciário. 

Em abril de 1992, ingressou na magistratura mineira e em abril de 2009 tornou-se desembargador do TJ-MG. Foi presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), de 2013 a 2015.

Leia nota de pesar da Amagis:

Amagis lamenta o falecimento do desembargador Herbert Carneiro

A Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis) lamenta profundamente o falecimento do desembargador Herbert Carneiro, presidente do TJMG. Herbert Carneiro foi presidente da Amagis de 2013 a 2015, destacando-se, tanto na presidência do Tribunal quanto da Associação, como um grande líder da Magistratura.

Sua incansável luta pela Justiça, desde que ingressou no TJMG como atendente judiciário, em 1980, até a Presidência do Tribunal, que assumiu em 2016, ficará marcada na história como exemplo a ser seguido.

Da mesma maneira, ficará registrada para sempre sua atuação no associativismo desde que começou a atuar como diretor da Amagis até chegar à Presidência da Associação, firmando-se como um dos grandes líderes da Magistratura. Herbert Carneiro foi um corajoso e obstinado defensor dos magistrados.  Além disso, era um humanista, defensor da cidadania plena e das causas sociais.

Aos familiares e amigos, nossas condolências.

Presidente da Amagis
Desembargador Maurício Soares

Revista Consultor Jurídico, 6 de abril de 2018, 8h11

Comentários de leitores

1 comentário

Perda irreparável

FRM (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Presidente Herbet Carneiro, líder de uma instituição secular, preparada, respeitosa e, sobretudo, justa.

Perdem os familiares, os amigos, o Poder Judiciário e, principalmente, os mineiros.

Um lamento.

Comentários encerrados em 14/04/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.