Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na magistratura

Morre, em São Paulo, juiz e professor Paulo Jorge Scartezzini Guimarães

O juiz Paulo Jorge Scartezzini Guimarães, da 4ª Vara Cível do Foro Regional de Pinheiros, na capital paulista, morreu na madrugada deste sábado (11/11). O velório teve início às 12h, no Cemitério do Morumby (Rua Deputado Laércio Corte, 468), e o sepultamento está agendado para as 17h.

A causa da morte não foi divulgada. Em nota, a Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo afirma que Guimarães “engrandeceu a magistratura paulista” ao longo de sua carreira e que “se solidariza com a tristeza dos familiares, amigos e dos que com ele conviveram nas esferas profissional e pessoal”.

Professor em várias instituições, Paulo Jorge Scartezzini Guimarães lecionou na Universidade Presbiteriana Mackenzie e na pós-graduação da GVLaw-São Paulo. Também coordenou curso de pós-graduação em Direito Civil/Processo Civil da Atame/Faculdade Cândido Mendes Rio de Janeiro (em Brasília, Goiânia e Cuiabá).

Mestre em Direito pela PUC-SP e doutor em Direito Civil pela USP, ele era bacharel em Direito pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas e autor de obras como Contratos de hospedagem, transporte de pessoas e turismo (2007) e A publicidade ilícita e a responsabilidade civil das celebridades que dela participam (2001). Também atuou como juiz assessor da Presidência do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 11 de novembro de 2017, 13h14

Comentários de leitores

2 comentários

Ser humano exemplar

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Deixará para sempre a marca daquele que onstentava firmesa de caráter e todos os demais requisitos de um homem de bem. Meus sinceros sentimentos a todos os familiares.

Querido por todos!

toron (Advogado Sócio de Escritório)

Perde a magistratura, perdem os advogados, perde a cidadania. Grande magistrado! Ser humano afetivo, solidário e querido por todos.
Aos filhos e à Elaine nossa solidariedade.
Toron

Comentários encerrados em 19/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.