Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acesso restrito

Lula pede para adiar interrogatórios até MPF contextualizar documentos

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu a suspensão de interrogatórios marcados para o mês de setembro, alegando que muitos documentos de processos sob sigilo absoluto, ou seja, sem acesso permitido à defesa, foram juntados pelo Ministério Público Federal sem contexto claro.

“O MPF promoveu a juntada tardia de papéis ao processo, impedindo que a defesa pudesse indagar às testemunhas sobre esse material. Há necessidade de dar oportunidade para que as testemunhas indicadas pela defesa sejam reinquiridas. A juntada desses papéis também não foi acompanhada de qualquer indicação de origem e devem ser objeto de uma perícia”, diz documento assinado por advogados do escritório Teixeira Martins.

A defesa também afirma não ter senha para acessar sistema de propinas que era usado pela empreiteira Odebrecht internamente. Pediu ainda que o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determine ao MPF a apresentação de todas as mensagens trocadas com o Ministério Público da Suíça sobre a plataforma.

“Causa estranheza ainda maior que o acesso ao ‘My Web Day’ não tenha sido uma condição para a aceitação dos aludidos acordos de colaboração, já que, segundo a narrativa que emerge na denúncia, seria a única forma de efetivamente verificar se houve o pagamento de vantagens indevidas, quais os atos supostamente relacionados a essas supostas vantagens indevidas e, ainda, (iii) quem teriam sido os supostos beneficiários”, diz a defesa de Lula.

Clique aqui para ler a petição.

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2017, 22h04

Comentários de leitores

2 comentários

Chicana

Serpico Viscardi (Professor)

Na sua forma mais pura!

Que país e este em que vivemos??? Onde está a moral???

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Por que documentos governamentais e decorrentes de registros eletrônicos devem ser previamente periciados? Por acaso a IMPUGNAÇÃO deles será do tipo OUVI DIZER, NÃO os OUVI, NÃO os VI, mas SÃO FALSOS?__ É extraordinária a criatividade de Lula. Os FATOS se avolumam; os DOCUMENTOS que LASTREIAM ACUSAÇÕES se tornam a cada dia mais precisos. Mas tudo é falso, tudo é instrumento de defesa de quem os indica e, pois, LEVIANOS. Lula, a cada dia, se mostra mais distante e mais longínquo de tudo que lhe é atribuído. Nos versos do Poeta, VIVEU a VIDA, MAS NÃO VIVEU! __ OUVIU o VENTO e NÃO o ESCUTOU! Começa-se a perceber a fabulosa miragem LULIANA. Segundo a mídia, nos seus andares políticos, em campanha prévia no nordeste, LULA já anuncia que, talvez, possa estar PRESO, mas seus CANDIDATOS são precisa e exatamente aqueles que já ESTÃO com INQUÉRITOS iniciados pela Procuradoria, na gestão Janot, pela prática de ATOS ou PARTICIPAÇÃO em FATOS que a LEI BRASILEIRA CLASSIFICA de CRIME. Ou será que Lula está sinalizando que, SEM ESSES "companheiros" JÁ ANUNCIADOS, e que já têm inquéritos iniciados contra si, ELE e seu PARTIDO NÃO TÊM mais Candidatos? Triste é ver o BRASIL que estamos vivendo. Lamentável é vermos, numa reunião POLÍTICA em casa do Presidente do País, um dos membros do EG. STF presente, quando a mídia nos informa que o PRATO do DIA da reunião consistiria em CRIAR uma ESTRATÉGIA para AFASTAR de um dos PARTIDOS mais expressivo do CONGRESSO o PRESIDENTE TRANSITÓRIO do referido Partido, já que o Presidente afastado tem contra si uma série de acusações inscritas em INQUÉRITOS, que o fizeram ser afastado do referido Partido. E em conversa de tal magnitude e de tal confidencialidade um membro do JUDICIÁRIO é TESTEMUNHA !

Comentários encerrados em 25/08/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.