Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contra o ajuste fiscal

Servidores do Judiciário farão paralisação em Santos (SP) nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (29/7), ao meio-dia, servidores do Judiciário vão se reunir em frente ao Palácio de Justiça de Santos (SP) contra o Projeto de Lei Complementar 257/2016, que traz as diretrizes para o ajuste fiscal pretendido pelo governo federal.

A Associação de Base dos Trabalhadores do Judiciário de São Paulo (Assojubs), que organiza a paralisação, diz que as mudanças orçamentárias podem “suspender a realização de concursos públicos, congelar reajustes e promoções nas carreiras, o aumento da alíquota para a previdência de 11 para 14%, a retirada de benefícios financeiros e até a criação de um programa de demissão voluntária de servidores públicos”.

O PLP 257/2016 pretende alongar a dívida pública por meio do Plano de Auxílio aos estados e ao Distrito Federal, além de medidas para o reequilíbrio fiscal, alterando a Lei de Responsabilidade Fiscal. O PLP ainda prevê severos cortes de gastos sociais para União, estados e municípios. A manifestação contra o projeto foi chamada de "Não Pagaremos Essa Conta!".

Segundo a Assojubs, a mobilização também envolve a campanha salarial da categoria, pois o Tribunal de Justiça não cumpriu em sua totalidade a data-base dos servidores. Com informações da Assessoria de Imprensa da Assojubs.

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2016, 16h56

Comentários de leitores

6 comentários

Iludido Advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Agora, imagine você aposentado (ser maculado) rejeitado mesmo por todos e tudo, por ganhar só "um salái mim"de 880,00 por mês, sem direito a greve ( coitado) Essa pois, é a cara do seu brasil. Xô miséria. E, quando o povo do governo vai aumentar isso, em 0,01 a mais no cálculo, quase há um terremoto dizendo que isso ou aquilo vai quebrar. Este é caso de fomento ao suicídio, um segredo de estado e só vê isso, quem é cego.

A política cega a razão...

Eududu (Advogado Autônomo)

Willson (Bacharel), o PL 257/2016 foi apresentado em 22/03/2016, pelo governo Dilma...

Duas Antas

nato azevedo (Administrador)

Quando um "bacharel" em Direito diz que houve um golpe no País, para -imagino- tirar do poder uma presidenta honrada, honesta, o que se pode esperar?
Acredito que esse ser não esteja acompanhando o que acontece no Mundo, particularmente o que se passou e se passa na Turquia..
Seria bom que ele a acompanhasse para a Bulgária, assim o Brasil ficaria livre de, pelo menos, duas antas!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/08/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.