Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pleito na DPU

Categoria escolherá em outubro novo defensor público-geral federal

As inscrições para os candidatos ao cargo de defensor público-geral federal para o biênio 2016-2018 começaram nesta terça-feira (1º/8) e vão até sexta-feira (4/8). As eleições para decidir o substituto do atual defensor-geral, Haman Tabosa de Moraes e Córdova, que começou seu segundo mandato em janeiro de 2014, serão realizadas nos dias 6 e 7 de outubro. O processo de votação será eletrônico, permitindo aos defensores votar em seus estados.

A escolha do defensor-geral começa com o processo de eleição. Cada membro da carreira poderá votar em até três candidatos. Os mais votados vão compor uma lista tríplice a ser enviada à presidente da República. O candidato indicado pela presidente ainda passa por uma sabatina no Senado. Em seguida, o defensor-geral é nomeado. Quem ocupa o cargo pode disputar a reeleição uma vez. Com informações da DPU.

Revista Consultor Jurídico, 2 de setembro de 2015, 16h47

Comentários de leitores

2 comentários

Vida própria

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A exclusão do povo, e particularmente dos assistidos, mostra que a Defensoria Pública virou um novo clã da República, com vida própria e nenhuma satisfação a dar a quem lhes paga os vencimentos.

o pobre vai votar ? A Constituição definiu o modelo

daniel (Outros - Administrativa)

o pobre vai votar ? A Constituição definiu o modelo de votação para Defensor Geral ? Por qual motivo os demais servidores da Defensoria não votam ? A Instituição que defende os "pobres" não permite que seus subordinados votem ?.................

Comentários encerrados em 10/09/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.