Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Política de Ordem

Advogados em MG e MA elegem presidentes das seccionais da OAB

Em uma eleição de chapa única, os advogados mineiros elegeram Antônio Fabrício Gonçalves como presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais. Ele terá como companheiros de gestão Helena Edwirges Santos Delamonica (vice-presidente), Gustavo Oliveira Chalfun (secretário-geral), Charles Fernando Vieira da Silva (secretário-geral adjunto) e Sergio Rodrigues Leonardo (tesoureiro).

A representação mineira junto ao Conselho Federal da OAB será feita por Luís Claudio da Silva Chaves, Eliseu Marques de Oliveira e Vinícius Marques Gontijo. Os suplentes são Bruno Reis de Figueiredo, Luciana Diniz Nepomuceno e Mauricio de Oliveira Campos Junior.

As propostas da chapa “Advogado Valorizado em Minas e no Brasil” são ampliar e descentralizar a estrutura profissionalizada de defesa das prerrogativas do advogado, melhorar a infraestrutura de salas de advogados em instituições da Justiça e lutar pelos honorários de sucumbência na Justiça do Trabalho.


No Maranhão, Thiago Roberto Morais Diaz foi eleito o novo presidente da OAB-MA com 49,03% dos votos válidos. Ele vai suceder o advogado Mário Macieira, que fará parte do Conselheiro Federal da OAB em 2016.

Os gestores que administrarão a entidade com Diaz entre 2016 e 2018 serão Pedro Augusto Souza de Alencar (vice-presidente), Adailton Lima Bezerra (secretário-geral), Alice Maria Salmito Cavalcanti (secretário-geral adjunto), Deborah Porto Cartagenes (tesoureiro).

Os conselheiros federais escolhidos foram José Agenor Dourado, Roberto Charles de Menezes Dias e Luís Augusto de Miranda Guterres Filho. Com informações da Assessoria de Comunicação da OAB-MG e OAB-MA.

Revista Consultor Jurídico, 22 de novembro de 2015, 12h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.