Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Falta aprovar

Governo apresenta proposta de reajuste para servidores do Judiciário

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, reuniu-se nesta quinta-feira (25/6) com o ministro do Planejamento Nelson Barbosa, que entregou a proposta de 21,3% de reajuste para os servidores do Judiciário. 

De acordo com a proposta, esse percentual seria parcelado entre os anos de 2016 e 2019, sendo 5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018, 4,5% em 2019. Segundo o ministro do Planejamento, o reajuste foi calculado com base na inflação estimada para o período.

O presidente do STF informou ao ministro do Planejamento que não iria acatar a proposta do Executivo sem antes debatê-la com representantes dos servidores. Na sequência, será dada continuidade às negociações ainda no mês de julho.

No Senado
O valor apresentado pelo governo é inferior ao que foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado no Projeto de Lei 28/2015. De acordo com a proposta o aumento vai variar de 53% a 78,56%, em função da classe e do padrão do servidor.  O pagamento deverá ocorrer em seis parcelas sucessivas, entre julho de 2015 e dezembro de 2017.

A aprovação dependerá da existência de dotação orçamentária e autorização específica na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A proposta do Supremo para aumentar a dotação tramita desde 2014 e recebia a numeração 7.920/2014. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

Revista Consultor Jurídico, 25 de junho de 2015, 21h19

Comentários de leitores

6 comentários

Mais uma da mulher sapiens

atenas (Médico)

A proposta É um acinte, sobretudo depois de saquearem e quebrarem o país.
Os servidores da justiça vêm engolindo tais propostas, digo, confisco de salários, ha quase uma decada e meia. Pense na queda de poder aquisitivo.. A continuar assim, Logo estarão na fila do bolsa familia.
A mulher sapiens acha que ainda está no palanque, apresentando aos incautos um pais maravilha, sem inflação.

Melhor sorte devem ter os enviados do Foro de São Paulo, os Cabello da vida, que são recebidos com honras e têm acesso, sem restrições, aos cofres que nos tomam mais de quatro meses de suor.

Dividir para dominar... eis o mote.

E os companheiros... cada vez mais ricos...

Safadeza!

Raimundo Alves de Melo (Servidor)

É mentira sobre mentira, divulgadas pelo Executivo, que só tem "Caixa" para desvios, compadrios, roubos, etc, etc.,
Aproveita o que ainda lhe resta PT, seu fim está próximo!
G R E V E!!!

É brincadeira de péssimo gosto esta proposta do governo

Chico Feitosa (Serventuário)

Estamos sem reajuste desde 2007 e eles vêm com esta indecência que parte do princípio de esquecer o que passou e projetar reposição parcial da inflação futura. Só pode ser provocação ou o famoso bode na sala, coisa em que eles são especialistas.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 03/07/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.