Consultor Jurídico

Notas Curtas

Da Redação

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pesquisa de Opinião

População aponta Ministério Público como terceira instituição mais confiável

Estudo divulgado pela Fundação Getulio Vargas, o relatório do Índice de Percepção do Cumprimento das Leis 2015, aponta o Ministério Público como a terceira instituição mais confiável do país. Com confiança de 45% da população, o MP só está atrás da Igreja Católica (57%) e Forças Armadas (68%). O Poder Judiciário tem crédito junto a só 25% da população, à frente do governo federal (19%), Congresso Nacional (15%) e partidos políticos (5%). O objetivo da pesquisa é medir a percepção dos brasileiros quanto ao respeito às leias e determinações das autoridades envolvidas para o cumprimento da legislação. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2015, 7h17

Comentários de leitores

15 comentários

cordeiroel@ig.com.br

preocupante (Delegado de Polícia Estadual)

Se a pesquisa fosse realizada com pessoas melhor esclarecidas sobre a real atuação do Ministério Público, como seus membros trabalham corporativamente em prol de si mesmos e não da defesa da sociedade, e os privilégios que conquistam junto aos políticos, como os auxílios moradia, alimentação etc,, certamente o índice de aprovação seria 0%.

É mais fácil criticar

Flávio Marques (Advogado Autônomo - Criminal)

Hipocrisia de alguns comentários! Acham que o MP tem obrigação de resolver os problemas do país. Problemas de educação, saude etc são questões do Executivo... e outros do Legislativo. Ai, vem a hipocrisia maior de alguns: quando o MP resolve pergar os grandes, como na lava-jato, fica todo mundo nervosinho... sem nem mesmo saber o conteudo total do inquérito. Preferem se basear em noticias. MP tem pessoas ruins sim... Como em todas áreas! Entretanto, a instituição cumpre sim primoroso papel na sociedade! E mais, os advogados que bradão tanto, o que fazem de mais concreto (dentro das limitações que uma pessoa privada pode fazer) do que o MP em prol da sociedade? Algum da aula gratuita em alguna ONG para conscientizar a população de seus direitos, algum presta assistência judiciária p/ algumas pessoas pobres, algum financia curso tecnico para um ou outro necessitado? Enfim, é muito facil acular dinheiro e ficar só criticando quem faz (ou pelo menos tenta fazer) algo de bom para a sociedade!

Temos que continuar melhorando, sempre

Pedro MPE (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Como membro do Ministerio Publico Brasileiro fico feliz com o resultado, mas acho que podemos melhorar (muito). Desejo que possamos um dia ter 70% de aprovação social como instituição confiável, independentemente da colocação em relação as demais instituições. Aceito as críticas (mesmo aquelas visivelmente injustas e tendenciosas do Dr.MAP e cia limitada), porque são extremamente bem-vindas e necessárias para evoluirmos. A crítica, aliás, e a alma da democracia e todo agente publico tem de saber lidar com ela. Como toda instituição humana, não somos perfeitos, mas nossa causa e nobre. Atendo diariamente cidadãos, advogados, políticos etc. em minha comarca, todos com igual dignidade porque assim deve ser. Temos que continuar melhorando, sempre. Nossos erros devem ser corrigidos, nosso diálogo com os demais deve melhorar, mas jamais, em hipótese alguma, podemos deixar de sermos combativos em defesa da sociedade. O Promotor de Justiça deve ser sempre inconformado com as injustiças, respeitoso no debate e dedicado pela sociedade de forma indistinta: pobres, ricos, economistas, advogados, policiais, professores, lixeiros, empresários, religiosos, políticos, réus etc. Nossa missão e a busca impessoal por uma sociedade melhor, mais justa e solidária. Muitos comentários aqui foram pertinentes (outros não, mas nem por isso não são legítimos, pois todas as críticas devem ser consideradas ao menos para compreendermos o outro) e devem ser objeto de reflexão por todos que integram o MP Brasileiro. Afinal, todos que criticam ou elogiam pagam tributos e como cidadãos possuem o direito de sempre cobrarem por um MP cada vez melhor!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/06/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.