Consultor Jurídico

Artigos

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jubileu de Prata

Um tributo à integridade judicial: 25 anos do ministro Marco Aurélio no Supremo

Por 

 

O ministro Marco Aurélio é conhecido por agir conforme seu convencimento, sem se preocupar com o grau de acatamento externo. A divergência, ainda que fique vencido, não o assusta nem é capaz de abalar suas convicções.  O ministro decide na contramão do pensamento majoritário com base na “ciência e consciência possuídas”, como gosta de lembrar, e não pelo puro gosto de discordar. Assim o faz porque é apaixonado pelo cargo que ocupa, pela função que desempenha; porque julga cada processo como se fosse o primeiro de sua vida, todos os dias, e acredita na evolução constante do direito. Assim atua porque se vê, sempre, como um servidor da sociedade, e com ela deve sempre dialogar.  

 

 

[1] GUINIER, Lani. Demosprudence Through Dissent. Harvard Law Review Vol. 122 (1), 2008, p. 4-138.

[2] STF – Pleno, HC 69.657/SP, Red. do Acórdão Ministro Francisco Rezek, j. 18/12/1992, DJ 18/6/1993.

[3] STF – Pleno, HC 82.959/SP, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 23/2/2006, DJ 1º/9/2006.

[4] STF – 2ª T., RHC 71.959/RS, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 22/11/1994, DJ 2/5/1997.

[5] Cf. MELLO, Marco Aurélio Mendes de Farias. Vencedor e Vencido. Rio de Janeiro: Forense, 2006, p. 173 e ss.

[6] STF – Pleno, HC 84.078, Rel. Ministro Eros Grau, j. 5/2/2009, DJ 26/2/2009.

[7] STF – Pleno, HC 72.131/RJ, Red. do Acórdão Ministro Moreira Alves, j. 23/11/1995, DJ 1/8/2003. Cf. MELLO, Marco Aurélio Mendes de Farias. Vencedor e Vencido. Op. cit., p. 45 e ss.

[8] STF – Pleno, HC 87.585/TO, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 3/12/2008, DJ 26/6/2009.

[9] STF – Pleno, RE 349.703/RS, Rel. Ministro Ayres Britto, Red. do Acórdão Ministro Gilmar Mendes, j. 3/12/2008, DJ 5/6/2009.

[10] STF – Pleno, RE 466.343, Rel. Ministro Cezar Peluso, j. 3/12/2008, DJ 5/6/2009.

[11] STF – 2ª Turma, HC 76.878/SP, Rel.  Ministro Marco Aurélio, Rel. p/ Acórdão,  Ministro Maurício Corrêa, j. 4/8/1998, DJ 24/8/2001.

[12] STF – Pleno, HC 85.961/SP, Rel.  Ministro Marco Aurélio, j. 5/3/2009, DJ 17/4/2009.

[13] STF – Pleno, ADI-MC 1.049/DF, Rel. Ministro Celso de Mello, j. 18/5/1995, DJ 25/8/1995.

[14] STF – Pleno, RE 210.246/GO, Rel. Ministro Nelson Jobim, j. 12/11/1997, DJ 17/3/2000.

[15] STF – Pleno, ADI-MC 1.922/DF e 1.976/DF, Rel. Ministro Moreira Alves, j. 6/10/1999, DJ 24/11/2000.

[16] STF – Pleno, RE 388.359/PE, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 28/3/2007, DJ 22/6/2007.

[17] STF – Pleno, ADI 1.922/DF e 1.976/DF, Rel. Ministro Joaquim Barbosa, j. 28/3/2007, DJ 18/5/2007.

[18] STF – Pleno, RE 389.383/SP, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 28/3/2007, DJ 29/6/2007.

[19] STF – Pleno, ADPF 156/DF, Rel.ª Ministroª Cármen Lúcia, j. 18/8/2011, DJ 28/10/2011.

[20] P. ex.: STF – 2ª Turma, Ag.Rg. na PET nº 1.320/DF, Rel. Ministro Nelson Jobim, j. 3/11/1997, DJU 6/2/1998.

[21] STF – Pleno, EDcl. no Ag.Rg. na Pet. nº 3.087/DF, Rel. Ministro Ayres Britto, j. 7/4/2005, DJ 2/12/2005.

[22] STF – 1ª Turma, EDcl. no HC nº 101.132/MA, Rel. Ministro Luiz Fux, j. 24/4/2012, DJ 22/5/2012; STF – 2ª T., Ag.Rg. no ARE nº 856.169/RS, Rel. Ministro Cármen Lúcia, j. 28/4/2015, DJU 13.5.2015.

[23] STF – Pleno, MI – QO 107, Rel. Ministro Moreira Alves, j. 23/11/1989, DJU 02/08/1991.

[24] STF – Pleno, MI 20. Rel. Ministro Celso de Mello, j. 19/05/1994, DJ 22/11/1996.

[25] STF – Pleno. MI 670-9/ES, Rel. Ministro Maurício Corrêa, Redator do Ac. Ministro Gilmar Mendes, j. 25/10/2007, DJ 30/10/2008; STF – Pleno. MI 708-0/DF, Rel. Ministro Gilmar Mendes, j. 25/10/2007, DJ 30/10/2008; STF – Pleno. MI 712-8/PA, Rel. Ministro Eros Grau, j. 25/10/2007, DJ 30/10/2008.

[26] STF – Pleno, AR 1.409/SC, Rel.ª Ministroª Ellen Gracie, j. 26/3/2009, DJ 15/5/2009; STF – Pleno, AR 1.578/PR, Rel.ª Ministroª Ellen Gracie, j. 26/3/2009, DJ 21/8/2009.

[27] STF – Pleno, RE 590.809/RS, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 22/10/2014, DJ 24/11/2014.

[28] STF – Pleno, ADI 4.481/PR, Rel. Ministro Luís Roberto Barroso, j. 11/3/2015, DJ 19/5/2015.

[29] STF – Pleno, AgRg no MS nº 27.148/SP, Rel. Ministro Celso de Mello, j. 11/5/2011, DJ 25/5/2011.

[30] STF – 1ª T., MS 33.163/DF, Rel. Ministro Marco Aurélio, Red. do ac. Ministro Luís Roberto Barroso, j. 5/5/2015.

[31] STF – Pleno, AgRg, na Rcl nº 15.165/MT, Rel. Ministro Teori Zavascki, j. 20/3/2013, DJ 26/8/2013; STF – Pleno, AgR na Rcl nº 13.508/DF, Rel. Ministro Ayres Britto, j. 23/5/2013, DJ 21/6/2013.

[32] STF – 1ª T., Rcl. 12.681/DF, Rel. Ministro Marco Aurélio, j. 4/6/2013, DJ 28/6/2013.

  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3

Equipe de assessores do ministro Marco Aurélio é formada por Adriane da Rocha Callado Henriques; Alexandre Reis Siqueira Freire; Carlos Alexandre de Azevedo Campos; José Marcos Vieira Rodrigues Filho; Marcelo Novelino Camargo; Marcos Paulo Dutra Santos; Roberto Lisandro Leão; Rodrigo Crelier Zambão da Silva; e Vinícius de Andrade Prado.

Revista Consultor Jurídico, 15 de junho de 2015, 6h45

Comentários de leitores

2 comentários

No ponto!

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

Integridade judicial!
Nada mais, nada menos!
Parabéns, Ministro!

Exemplo de juiz

Joao Sergio Leal Pereira (Procurador da República de 2ª. Instância)

Quero parabenizar ao grupo de assessores do ministro Marco Aurélio pela singela e merecida homenagem. Exemplo de juiz, o ministro é merecedor de toda admiração e respeito do povo brasileiro.

Comentários encerrados em 23/06/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.