Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conferência da Advocacia

Representando candidatos, Mercadante e Anastasia debatem em evento da OAB

Por 

A XXII Conferência Nacional dos Advogados vai promover um debate entre coordenadores de campanha dos candidatos à Presidência da República. Aloizio Mercadante, ministro licenciado da Casa Civil, vai representar Dilma Rousseff (PT). Antonio Anastasia, senador eleito por Minas Gerais, será o representante de Aécio Neves (PSDB). O encontro será na terça-feira (21/10), às 18h, no pavilhão 4 do Riocentro, onde ocorre a conferência.

O debate tem como foco os programas de governo dos candidatos. Mercadante e Anastasia responderão a perguntas dos presidentes de comissões do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil sobre temas como reforma política democrática, meio ambiente, Justiça, direitos humanos e sociais.

Um dos principais tópicos do debate será o plano de combate à corrupção elaborado pela Ordem e enviado na semana passada aos candidatos. "Queremos que os candidatos se comprometam com o combate à corrupção. Apresentaremos propostas institucionais, maduras e equilibradas para combater e prevenir a corrupção", afirmou Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente do Conselho Federal da OAB.

A Carta do Contribuinte também será debatido. O documento, elaborado pela OAB com outras entidades da sociedade civil, mostra o que pode ser feito para uma reforma tributária viável e sustentável — como a elaboração do Código de Defesa do Contribuinte, com objetivo de apontar medidas que assegurem os direitos dos cidadãos na área. A Carta foi enviada à Dilma Rousseff e a Aécio Neves.

O debate entre Mercadante e Anastasia será aberto aos mais de 16 mil inscritos da XXII Conferência Nacional dos Advogados e ocorrerá na plenária do evento.

*A coluna Conferência da Advocacia é patrocinada pelo Conselho Federal da OAB.

Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)

Revista Consultor Jurídico, 20 de outubro de 2014, 8h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/10/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.