Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Risco aos trabalhadores

Homologação de acordo entre Vale e sindicato é adiada

Terminou em acordo a audiência de conciliação entre a Vale e o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Prospecção, Pesquisa, Extração e Beneficiamento do Minério do Estado de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Piauí (Sindimina) no Tribunal Superior do Trabalho. O acordo apresentado pelas partes nesta segunda-feira (10/3), no entanto, não foi homologado por causa da falta da advogada do sindicato.

O Sindimina ajuizou Ação Civil Pública acusando a mineradora de oferecer condições de trabalho nocivas aos empregados que atuam na extração de potássio do Complexo Industrial Taquarí-Vassouras, em Rosário do Catete (SE). A prática colocaria em risco a saúde dos funcionários da Vale, de acordo com a petição.

Relator do caso, o ministro Lelio Bentes Corrêa convocou para esta segunda-feira uma audiência de conciliação, e as duas partes apresentaram uma petição de acordo para encerrar a ACP. No entanto, a advogada do sindicato não compareceu ao TST, levando o ministro a convocar nova audiência, em 24 de março, para a homologação do acordo entre a Vale e o Sindimina. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST.

Revista Consultor Jurídico, 10 de março de 2014, 17h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.