Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Termo de cooperação

Governo, TJ e MP assinam acordo para expandir Justiça de SP

Um termo de cooperação para a elaboração do Programa de Expansão das sedes do Sistema de Justiça Paulista foi assinado nesta semana pelo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador José Renato Nalini, o governador Geraldo Alckmin e o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Márcio Elias Rosa. A parceria atenderá a necessidade de expansão do Judiciário e a obtenção de recursos para o custeio das sedes. 

Na ocasião, também foi assinado, pelo governador, decreto que cria o Grupo de Trabalho, integrado por representantes do MP-SP, do TJ-SP e do governo para identificar os lugares que serão tendidos com prioridade.

O presidente do TJ-SP afirmou que “pois quando promotores e juízes não se entendem há desconfiança e descrédito das Instituições”. Após um período de desentendimento entre MP-SP e o Judiciário, com a obrigação de promotores desocuparem as salas nos fóruns do estado, Nalini disse: “retornamos à melhor prática de um convívio amigo, mais do que cordial, onde o objetivo do nosso trabalho é melhor servir à população”.

A secretária da Justiça e da Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda, e a secretária, em exercício, de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Cibele Franzese, também participaram da assinatura do termo de cooperação. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 3 de março de 2014, 7h23

Comentários de leitores

3 comentários

Politica

Roberto Carlos Liberator Duarte (Advogado Autônomo - Criminal)

Pura jogo de cena. Em ano de eleição todo mundo diz que irá fazer alguma coisa, como exemplo estão as Penitenciárias que estavam programadas 60 e não foram feita em 3 anos, agora vem o Governador e diz que irá construir 70 em regime de urgência. Tudo para não respeitar a Lei das Licitações. Ninguém é palhaço do governo para acreditar nestas mentiras.Quero ver o GAECO desbaratar está quadrilha.

Parabéns

Resec (Advogado Autônomo)

Uma ótima e elogiável postura.
Esperamos que assim se proceda também em relação à advocacia.

Bom Senso

OLD MAN (Advogado Autônomo - Civil)

Parece que o bom senso volta a pairar sobre a Presidência do TJ. Com certeza o Sr. Ivan Sartori entrou para a história como o Desembargador mais impopular e de piores práticas que já passou pelo TJ. Não deixou saudades.

Comentários encerrados em 11/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.