Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na advocacia

Morre o professor e advogado José Ignacio Botelho de Mesquita

O advogado José Ignacio Botelho de Mesquita, professor emérito da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, morreu na última sexta-feira (20/6) aos 78 anos. O corpo está sendo velado na manhã deste sábado (21/6) no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, e o enterro está marcado para as 15h no Cemitério de São Paulo.

Nascido em julho de 1935, Mesquita estudou no tradicional colégio São Luís e começou a graduação na USP em 1954. Entre 1959 e 1960, cursou a Faculdade de Direito de Madri após ganhar uma bolsa do Ministério das Relações Exteriores da Espanha. De volta ao Brasil e à USP, especializou-se em Direito Processual Civil e, em 1963, já era doutor em Ciências Sociais e Jurídicas. Logo começou a atuar como professor na Faculdade de Direito, na área então conhecida como Direito Judiciário Civil.

Botelho de Mesquita também foi membro do Instituto dos Advogados de São Paulo e sócio honorário da Associação dos Advogados de São Paulo. Fundou o Botelho de Mesquita Advogados, escritório com foco no Direito civil, empresarial e administrativo, com sede em São Paulo e Florianópolis.

No ano passado, foi homenageado com o lançamento do livro Processo Civil — Homenagem a José Ignacio Botelho de Mesquita (Editora Quartier Latin), coordenado por José Rogério Cruz e Tucci, Walter Piva Rodrigues e Rodolfo da Costa Manso Real Amadeo.

O Cemitério de São Paulo fica na rua Cardeal Arcoverde, 1217-A, em Pinheiros.

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2014, 11h42

Comentários de leitores

3 comentários

Agradecendo

João Schall (Procurador do Município)

É com tristeza que recebo a notícia do passamento do meu amigo e professor Mesquita, e, só me resta agradecer os seus ensinamentos e a sua sincera amizade. Creio que, Deus o recebeu em sua mansão divina conforme prometido pelo seu filho Cristo Jesus. Um grande abraçaço a vc onde vc estiver amigo Mesquita.

O Ventania perde seu comandante!

Marco A. Fanucchi (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

O querido professor de meu irmão, o colega mais fidalgo de meu pai no S.Luis, o processualista que eu mais admirava, um leal amigo e um grande velejador se foi... que sabado triste...

Imenso pesar

Lucas Hildebrand (Advogado Sócio de Escritório)

Recebo com imenso pesar essa notícia do falecimento do querido professor Mesquita, um dos mais vocacionados de sua era na Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Também um dos mais importantes defensores das garantias processuais do cidadão contra o arbítrio do Estado-Juiz. Dizia que uma aula bem preparada aproximava os alunos do professor, tal como a lua exerce sua influência sobre os mares. Suas aulas eram, nesse sentido, uma constante maré cheia. Meus sentimentos à família e aos amigos.

Comentários encerrados em 29/06/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.