Consultor Jurídico

Notícias

Nova direção

Fábio Prieto toma posse como presidente do TRF-3

O desembargador federal Fábio Prieto foi empossado nesta terça-feira (18/2) presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que tem jurisdição sobre São Paulo e Mato Grosso do Sul. Substituto do desembargador federal Newton de Lucca, Prieto ocupará a presidência do TRF-3 no biênio 2014-2016, tendo como vice-presidente a desembargadora federal Cecília Marcondes. A corregedoria regional da 3ª Região será exercida pela desembargadora federal Salette Nascimento.

A posse ocorreu durante sessão extraordinária do plenário do TRF-3, aberta por Newton de Lucca. Tanto o novo presidente como sua vice e a corregedora prestaram o compromisso regimental de “bem desempenhar os deveres do cargo, cumprindo e fazendo cumprir a Constituição da República, as leis do país e o Regimento Interno do Tribunal Regional Federal da 3ª Região”. A posse de Fábio Prieto, Cecília Marcondes e Salette Nascimento está marcada para a próxima segunda-feira (24/2), às 17h, no Salão Nobre da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Fábio Prieto formou-se pela Universidade Católica de Santos e atuou como advogado e promotor antes de ser aprovado em concurso público para a magistratura. Ele tomou posse como juiz federal em 1991 e sete anos depois, foi nomeado desembargador do TRF-3, tornando-se o primeiro juiz federal aprovado em concurso promovido por um tribunal regional federal a chegar à respectiva Corte. Eleito em dezembro com mais de 97% dos votos, ele torna-se, aos 53 anos, o mais jovem presidente na história do TRF-3. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-3.

Revista Consultor Jurídico, 18 de fevereiro de 2014, 21h15

Comentários de leitores

1 comentário

Esperança que algúem leia este comentário

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Espero que a Vice Presidente limpe os RESP e os Recursos Extraordinários que estão esperando pelo exame dos pressupostos de admissibilidade.
A coisa tá feia.

Comentários encerrados em 26/02/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.