Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ensino à Distância

Escola de Advocacia da OAB dá cursos sobre Eleições e PJe

O diretor-geral da Escola Nacional da Advocacia (ENA) da Ordem dos Advogados do Brasil, Henri Clay, apresentou os dois principais cursos à distância oferecidos pela instituição em 2014: o curso de Advocacia Eleitoral e o curso do Processo Judicial Eletrônico (PJe). Conforme proposta da ENA, as duas grades curriculares dão ênfase ao aspecto prático dos assuntos. Na ocasião, foi oficialmente lançado o Programa de Educação a Distância.

O curso de advocacia eleitoral oferece conhecimento técnico e específico para a atuação na assessoria jurídica de campanhas para as eleições de 2014. Já o curso sobre PJ-e e certificação tem como objetivo oferecer a todos advogados os conceitos, a prática, as opiniões e os desafios no uso do PJe. Os cronogramas, investimentos, grades curriculares, corpos docentes e condições para participar dos cursos estão disponíveis no site da Escola Nacional de Advocacia (ENA).

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, elogiou o trabalho desenvolvido pela atual diretoria da ENA. “Além de todas as nossas missões com a sociedade, temos a obrigação de cuidar da cultura e das instituições jurídicas. É nossa competência olhar pelo ensino e pelo aprimoramento do Direito, tarefa que vem sendo muito bem executada pela ENA. Parabéns ao diretor da ENA, Henri Clay, e à Georgia Nunes, coordenadora dos cursos”, ressaltou.

Henri Clay, por sua vez, exaltou os esforços do Conselho Federal para fortalecer o ensino jurídico. “Uma das ações estratégicas desta gestão é consolidar a ENA. Através de cooperação com as Escolas Superiores da Advocacia (ESAs) das seccionais, já fizemos amplos e enriquecedores debates. No ano de 2013, a capacitação exclusiva para o PJ-e foi lançada, com o curso de multiplicadores que envolveu todas as seccionais. Foram 111 advogados que atuarão ou já atuam como difusores em seus respectivos estados. Além dos cursos presenciais, destaco também nossa oferta de telepresenciais”, frisou. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 18 de abril de 2014, 8h18

Comentários de leitores

1 comentário

eleitoral deveria ser cobrado no Exame da OAB

analucia (Bacharel - Família)

é incompreensivel o fato de direito eleitoral não ser cobrado no exame da OAB;

Comentários encerrados em 26/04/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.