Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Diálogo institucional

Janot é empossado procurador-geral da República

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi empossado nesta terça-feira (17/9) pela presidente Dilma Rousseff. Ele ocupará o cargo vago com a saída de Roberto Gurgel, que deixou as funções no dia 15 de agosto, após quatro anos de mandato.

Na cerimônia de posse estiveram o vice-presidente da República, Michel Temer, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Em seu discurso, Janot destacou a luta pela independência do Ministério Público e defendeu o diálogo com todos os setores da sociedade. “Proponho o desafio para que sejamos mais permeáveis à interação institucional” disse.

Janot liderou a lista tríplice encaminhada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) a Dilma, para quem ele “reúne todos os requisitos para chefiar o Ministério Público com independência, transparência e apego à Constituição”.

Em abril, durante debate promovido pela ANPR, Janot procurou minimizar a importância individual do procurador-geral da República, enfatizando a importância do trabalho coletivo dos procuradores. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 17 de setembro de 2013, 20h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.