Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Levantamento de depósitos

TJ-SC busca donos de R$ 2,2 milhões não sacados

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina inicia nesta segunda-feira (13/5) um esforço concentrado para localizar os donos de R$ 2,2 milhões depositados em contas judiciais, liberados desde 2001, que não foram sacados por seus titulares. São pouco mais de 1,4 mil pessoas físicas e jurídicas, com valores individuais a receber que chegam a R$ 88 mil.

A partir desta segunda, por determinação do desembargador Jaime Vicari, presidente do Sistema de Depósitos Judiciais (Sidejud) do TJ-SC, os interessados podem acessar o site do tribunal para verificar a listagem completa com os nomes das partes, as cidades de origem e os números das agências onde as contas estão localizadas.

Como já ocorreu a determinação judicial para levantamento dos depósitos, basta que as partes dirijam-se até a agência bancária munidas com carteira de identidade, para levantar os recursos.

Inicialmente, a listagem e a disponibilidade de levantamento dos recursos se estenderá por 30 dias, até 13 de junho deste ano. As contas-recibo eram utilizadas quando os beneficiários desejavam receber os valores, em espécie, diretamente no caixa do banco. Deixaram de ser utilizadas em 2009, por ocasião da migração dos depósitos judiciais para a Caixa Econômica Federal.

Na oportunidade, o Banco do Brasil deixou de receber novos depósitos nessas contas, com a manutenção apenas das remanescentes, que somavam perto de R$ 9 milhões. O TJ, desde então, busca localizar os beneficiários dos recursos, mas ainda restam mais de R$ 2 milhões não resgatados. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SC.

Revista Consultor Jurídico, 13 de maio de 2013, 16h57

Comentários de leitores

1 comentário

Depósito Judicial

Roberto Rodrigues Ramos (Suboficial da Aeronáutica)

E o TJ-SP quando buscará encontrar e notificar aqueles que nem sabem se há algum depósito judicial?

Comentários encerrados em 21/05/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.