Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alteração no expediente

Pedidos de prazos serão analisados caso a caso

A Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo informou nesta sexta-feira (14/6) que, em razão da suspensão do expediente nesta quinta-feira (13/6), eventuais questões envolvendo prazos de pedidos que seriam protocolados no Protocolo Integrado da Capital serão avaliadas, caso a caso, pelo Juízo do processo.

Nesta quinta-feira (13/6), por conta da paralisação dos funcionários da Companhia de Trens Metropolitanos de São Paulo, o Tribunal de Justiça do estado suspendeu os prazos processuais em todos os prédios, jurisdicionais e administrativos, da capital.

O horário de expediente do TJ-SP na capital também se encerrou mais cedo, às 16h. A greve dos funcionários da CPTM afetou as seis linhas de trens e, por isso, o rodízio municipal de veículos também foi suspenso. Entre as reivindicações, a categoria pede reajuste salarial, aumento no vale-alimentação e mudanças no plano de carreira. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 14 de junho de 2013, 17h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/06/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.