Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Falta de dinheiro

TJ do Piauí sofre com déficit de funcionários

O Tribunal de Justiça do Piauí tem déficit de 1,2 mil funcionários e, sem servidores para exercer todas as funções, até professores exercem a função de oficial de Justiça no interior do estado. Enquanto isso, centenas de aprovados em concurso público aguardam desde 2009 a convocação para assumir os cargos. As informações são do portal G1.

Em agosto do ano passado, o Conselho Nacional de Justiça apontou em relatório que o déficit no TJ do Piauí chegava a 2,3 mil vagas. O tribunal afirma que, por conta de problemas financeiros, não há como chamar outros aprovados no concurso. Além disso, a substituição dos comissionados por quem passou na disputa pública geraria aumento no orçamento, aponta o juiz auxiliar da presidência do Tribunal Luiz Henrique Rêgo.

Desde que o concurso foi feito, apontam alguns candidatos, apenas uma reposição de analistas ocorreu nos últimos quatro anos. Isso faz com que, no interior do estado, as prefeituras disponibilizem funcionários públicos para ocupar cargos comissionados e exercer funções que só cabem a profissionais com conhecimento jurídico. Na cidade de Barras, por exemplo, um professor da rede municipal está atuando como oficial de Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 26 de julho de 2013, 11h22

Comentários de leitores

1 comentário

Enquanto isso...

Guilherme - Estudante (Outros)

Enquanto acontece barbaridades como esta, milhares de pessoas estudam, esperando passar em concursos.
É o Piauí...

Comentários encerrados em 03/08/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.