Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Primeira qualidade"

Reforma do apartamento de Barbosa custará R$ 90 mil

A reforma dos quatro banheiros do apartamento funcional do ministro Joaquim Barbosa custará R$ 90 mil aos cofres do Supremo Tribunal Federal. O presidente do STF decidiu mudar do imóvel que já ocupa na Asa Sul, em Brasília, para um mais amplo, de 523 metros quadrados, na mesma região. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o Supremo, os gastos altos se devem ao material de “primeira qualidade” usado na obra. A residência, que será de Barbosa a partir de julho, foi ocupada até o fim de 2012 pelo ministro Ayres Britto, que se aposentou do tribunal em novembro. O imóvel tem cinco quartos, quatro salas, biblioteca e adega.

Do total da obra, R$ 78 mil vão para a vencedora do pregão eletrônico e o restante sairá de contratos com outras empresas, já em andamento, na instalação de vidros, espelhos e uma banheira, comprada com recursos próprios de Joaquim Barbosa.

Segundo o edital do pregão, serão adquiridas 23 peças em mármore e granito ao preço de R$ 15,5 mil. Um terço desse montante irá para uma prateleira e uma bancada. Já o assento e o tampo dos quatro vasos custarão, cada um, R$ 396.

Joaquim Barbosa, que também preside o Conselho Nacional de Justiça, adota um rígido discurso de combate aos gastos públicos do Judiciário. Uma de suas recentes críticas, que contrariou entidades de juízes, se refere às despesas de criação de quatro tribunais regionais federais, aprovada no Congresso no início de abril.

De acordo com o Supremo, a reforma será feita por causa do "desgaste pelo tempo de uso". A corte não informa o responsável pelo lançamento do edital, mas nega que tenha sido feito a pedido de Barbosa. A exigência pela melhor qualidade é, segundo a corte, para evitar fornecimento de materiais inadequados ou com problemas. O custo de uma residência de 32 metros do programa Minha Casa, Minha Vida é de aproximadamente R$ 78 mil.

 

Revista Consultor Jurídico, 21 de abril de 2013, 14h01

Comentários de leitores

28 comentários

Merecia uma mansão no lago sul!

Ubiratã Sena Nunes (Estudante de Direito - Civil)

A importância e a competência do altíssimo e competentíssimo magistrado repleto de méritos é inquestionável! Destarte merece uma linda mansão no lago sul acompanhado de belíssimas fisioterapeutas e massagistas de toda ordem. É o que eu decido, cumpra-se.

A reforma dos banheiros , com jb pgando uma parte ...

Luiz Pereira Neto - OAB.RJ 37.843 (Advogado Autônomo - Empresarial)

É incrível a desfaçatez , a ignorância e o desrespeito de alguns comentaristas . Referem-se ao E.Presidente do STF e do CNJ de uma forma chula , que envergonha a nossa classe . Em nenhum dos comentários foi feita menção de que uma parte , inclusive , foi paga pelo próprio Min. Joaquim Barbosa , eleito , meritoriamente , a personalidade do planeta , pela revista TIMES , já que a sua Honestidade , Coragem , Competência e Deliberação , correm o MUNDO ,
hoje , quase que integralmente despido destes valores obrigacionais .
Da mesma forma , ninguém faz qualquer menção ao "MIMO" QUE O LULA SE AUTO-PRESENTEOU COM O NOSSO DINHEIRO : O "AERO-LULA" , sem pagar um centavo do seu bolso.
Quantas vezes mais do que R$90.000,00 , CUSTOU O
"AERO-LULA" , COMPRADO SÓ PARA FICAR NAS ALTURAS E LIMPAR A SUA BARRA COM A DNA. MARISA ?
Deixem de ser ridículos , tratem de estudar , trabalhar e progredir , visando uma maior cultura que lhes possa proporcionar uma vida mais ocupada e, quem sabe , melhor .

Henrique Macena

Macena (Advogado Autônomo)

O problema não é a reforma em si, mas o custo desta reforma, convenhamos, gastar mais de R$396,00 numa tampa de latrína não convém a quem prega austeridade. êta glúteo caro.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 29/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.