Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Gestão participativa

Presidente do TJ-SP visita primeira região administrativa

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ivan Sartori, deu início nesta sexta-feira (23/3), em Ribeirão Preto, ao projeto “Administração Participativa”, que tem o objetivo de aumentar a eficiência de gestão Judiciário paulista por meio de reuniões. É a primeira visita do presidente à uma Região Administrativa (RA) desde que o tribunal organizou administrativamente as comarcas em dez regiões.

A intenção do projeto é reunir os desembargadores coordenadores de circunscrição judiciária, juízes, representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil e dos Poderes Executivo e Legislativo de cada região, além de reservar um espaço para que o presidente conheça o fórum da comarca visitada e converse com os servidores. O projeto tem, durante todo o ano, encontros de trabalho agendados nas dez sedes administrativas do estado.

Recebido nesta sexta pelo juiz diretor do fórum de Ribeirão Preto, Sylvio Ribeiro de Souza Neto, Sartori falou sobre a situação dos magistrados e servidores e do relacionamento com o Conselho Nacional de Justiça e com os tribunais superiores. A reunião contou com a presença de juízes de todas as comarcas que compõem a 6ª RA.

O desembargador Roque Antonio Mesquita, presidente da Associação Paulista de Magistrados, afirmou que o Judiciário de São Paulo vive um momento histórico. “Nunca antes vi um presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo em um auditório colocar-se à disposição para atender magistrados e servidores. É uma presidência afinada com as nossas propostas”.

Também estiveram presentes o diretor executivo nacional de Relações Institucionais do grupo Record, Zacarias Pagnanelli, o presidente da empresa, Alexandre Raposo, e o diretor-geral de Ribeirão Preto, João Batista.

A 6ª Região Administrativa de Ribeirão Preto é formada por oito Circunscrições Judiciárias, que abrangem 47 comarcas. Nelas trabalham 5.474 servidores e estão em andamento 2,3 milhões de processos. Vivem na região 4,7 milhões de habitantes. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 26 de março de 2012, 17h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/04/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.