Consultor Jurídico

Chefe desconcentrado

Corte americana rejeita queixa de mulher demitida por ser bela

O Supremo Tribunal do Estado americano rejeitou a queixa de discriminação aberta por uma assistente de dentista que foi demitida, segundo seu ex-chefe, por colocar o casamento dele em perigo, mesmo sem seduzi-lo. A notícia é do jornal francês Le Monde.

Casada e com filhos, Melissa Nelson trabalhou durante dez anos no consultório de James Knight. No último ano, o dentista começou a criticar as roupas da assistente, que, acentuando as formas de seu corpo, o desconcentravam. Ele também chegou a retratar sua relação com a assistente como "ter um Lamborghini na garagem, sem jamais te-lo conduzido".

Até que um dia, a esposa de Knight, que também trabalhava no consultório, descobriu que seu marido enviara mensagens por celular a Melissa, que nunca deu abertura às investidas do chefe. O fato causou uma crise no casamento do dentista, que após uma série de discussões com sua esposa e o pastor da igreja que frequentava, decidiu demitir a assistente porque ela desestabilizava seu matrimônio.

A corte, formada unicamente por homens, entendeu que a demissão não foi justa, mas não acolheu o argumento de discriminação. Segundo o advogado de James Knight, a decisão abre "precedente para que os empregadores demitam funcionários que procuram causar inveja em suas esposas".




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 25 de dezembro de 2012, 17h43

Comentários de leitores

3 comentários

Qual estado?

Raphael Luiz Piaia (Advogado Autônomo)

"O Supremo Tribunal do Estado americano"?

A bela demitida

ACUSO (Advogado Autônomo - Dano Moral)

Empregador idiota que se apaixonou pela gostosa e bela assistente ; que tentou assedia-la, ou seduzi-la e por não ter conseguido uma reposta positiva, demitiu-a. Essa é a historia de um legitimo idiota americano!

Tenho Vaga no meu escritório

Lhano Martins Xavier - Leiloeiro Público Oficial (Outros)

Me perdoem as feias, mas beleza é fundamental. A moça é séria, resistiu às investidas do chefe e se comportou dignamente.
No meu escritório tem vaga para ela, sem segundas intenções e com a garantia de que ela não será assediada por ninguém.
O ex-patrão além de fraco mostrou mais falta de personalidade do que qualquer outra razão. A própria esposa dele, que trabalha junto não comentou nada contra o comportamento da bela,e ficou sabendo do assunto apenas pelas mensagens que o galanteador enviou.

Comentários encerrados em 02/01/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.