Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Exame em profundidade

Gurgel analisará acusações de Valério contra Lula

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou, nesta quarta feira (19/12), que analisará com mais calma e atenção as acusações de Marcos Valério contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Valério acusa Lula de se beneficiar do mensalão para o pagamento de despesas pessoais e de ter autorizado os empréstimos para a compra dos votos. “Concluído o julgamento, agora eu vou analisar o depoimento e serão tomadas as providências que são cabíveis para completa investigação de tudo que demande apuração”, disse Gurgel. As informações são do portal IG.

Como Lula é ex-presidente, não possui mais prerrogativa de foro, e o caso deve ser enviado para o Ministério Público de primeira instância de São Paulo ou de Brasília, de acordo com o local onde os fatos ocorreram.

Segundo o procurador-geral, Marcos Valério, que prestou apenas um depoimento, não é confiável. “Com muita frequência, ele faz referência a declarações que considera bombásticas, e, quando nós vamos examinar em profundidade, não é bem isso.” Gurgel também observou que, ao depor, Valério entregou alguns documentos, como comprovante de depósitos. No entanto, a legitimidade de tais documentos precisa ser comprovada.

Em setembro, Valério pediu proteção ao STF, alegando que sua vida estaria em perigo. Em troca, ofereceu uma delação premiada. O fax em que o pedido é feito foi recebido pelo ministro Carlos Ayres Britto e revelado pela revista Veja.

Revista Consultor Jurídico, 19 de dezembro de 2012, 20h00

Comentários de leitores

1 comentário

O Brasil precisa ser passado a limpo

flavio (Outro)

Lula deve ser investigado sim esse é o desejo da sociedade e de todas as pessoas das ruas, no trabalho e a quem perguntei.O povo quer saber mais e desmistificar de uma vez por todas essa figura, é o que todos desejam sobretudo a mídia do país que conhece muito bem e acompanha os passos desses políticos.Somente os companheiros de partido, os cargos de confiança os comissionados de cargo públicos aos milhares fazem fila para que o Lula seja blindado, porque será?

Comentários encerrados em 27/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.