Consultor Jurídico

Fraldas geriátricas

Juiz manda bloquear conta do Rio Grande do Norte

O juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Airton Pinheiro, determinou o bloqueio online do valor de R$ 4.462,08 das contas do governo do Estado para que sejam providenciadas fraldas geriátricas a idoso que obteve tal direito na Justiça. A notícia é do site do jornal Tribuna do Norte.

De acordo com o processo, a determinação não estava sendo cumprida. "Assim, em atenção à urgência da alegação, bem como tendo em vista que em 99,99% das vezes que se alega descumprimento este de fato está ocorrendo, determino o bloqueio on line do valor de R$ 4.462,08 correspondente à aquisição de fraldas geriátricas por um ano", destacou o juiz.

Ele definiu o prazo de cinco dias para que o Estado apresente comprovante de que cumpre a decisão. Se não houver resposta, deverá ser expedido um alvará liberando 25% do valor bloqueado em favor do autor da ação para que adquira as fraldas geriátricas necessárias para três meses.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 10 de dezembro de 2012, 17h58

Comentários de leitores

1 comentário

Pesquisem um pouco mais

Eduardo R. (Procurador da República de 1ª. Instância)

Em vez de mandar bloquear contas do estado, o Juiz e o advogado deveriam pesquisar um pouco mais e verificar que desde outubro/2010 (às vésperas da eleição presidencial) o governo Lula incluiu fraldas geriátricas (entre outros medicamentos) no programa "Aqui tem farmácia popular", em que o usuário paga apenas 10% do valor do insumo e a União para 90%. E depois entram na Justiça pedindo tudo 100% de graça (tautologia) e em tutela antecipada. Esse é o nosso belo mundo jurídico.

Comentários encerrados em 18/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.