Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Atentado à Justiça

Explosão na Suprema Corte da Índia mata 10 pessoas

Um atentado a bomba, nesta quarta-feira (7/9), na Suprema Corte da Índia, em Nova Déli, matou 10 pessoas e deixou, pelo menos, 61 feridas. Autoridades acreditam que a bomba estava em uma mala próxima ao primeiro local de vistoria da Corte. As informações são da BBC.

As autoridades estão investigando um e-mail de um grupo extremista que assume a autoria do atentado. Na mensagem, o grupo afirma que um homem, condenado à morte por envolvimento em um ataque ao Parlamento em Deli há 10 anos, não deveria ser enforcado.

Uma testemunha disse que ouviu um estrondo que balançou o prédio e deu a sensação de ser um terremoto. “Entre 15 a 20 minutos após a explosão, pediram aos advogados que continuassem no complexo. Depois disso, pediram aos advogados que evacuassem o edifício”, contou.

Segundo a BBC, em junho, outra bomba havia explodido dentro de um carro do lado de fora da Corte. Não houve feridos na ocasião.

Revista Consultor Jurídico, 7 de setembro de 2011, 10h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.