Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo comando

Leandro Coimbra toma posse como diretor-geral da PF

Leandro Daiello - diretor-geral da Polícia Federal - Tiago Morgan/Prefeitura de Ribeirão Preto

O novo diretor-geral da Polícia Federal, delegado Leandro Daiello Coimbra, toma posse nesta sexta-feira (14/1). A cerimônia, na sede da PF, no Setor de Autarquias Sul, em Brasília, contará com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Nascido em Porto Alegre, Coimbra se formou em Direito pela PUC-RS em 1988 e concluiu MBA em Gestão em Políticas de Segurança Pública pela Fundação Getúlio Vargas em 2005. Entrou para a PF em 1995, como delegado na Superintendência em São Paulo. Em 1997, trabalhou na Delegacia da PF de Uruguaiana (RS), onde assumiu como chefe no ano de 2000.

Coimbra foi transferido para a Superintendência da PF em Porto Alegre, onde assumiu a chefia da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, em 2002 e, dois anos depois, para a chefia da Delegacia de Repressão aos Crimes Fazendários. Em 2006, seguiu para Brasília, onde assumiu a chefia da Divisão de Repressão aos Crimes Fazendários da PF e, em 2007, foi nomeado coordenador-geral de Polícia Fazendária. Desde abril de 2008, é o Superintendente da PF em São Paulo.

Entre as investigações conduzidas pelo delegado, destacam-se a Operação Natant, em 2002, para reprimir o tráfico de drogas; a Operação Matrix, em 2004, contra crimes cibernéticos; e a Operação Plata, em 2005, para repressão do contrabando.

Outras frentes
O novo diretor-geral da PF também foi membro do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e integrou o Grupo de Trabalho Especializado em Matéria Delitual da Reunião de Ministros do Interior do Mercosul. No exterior, Coimbra fez treinamentos para repressão a entorpecentes, no Peru, e na área de investigação de crimes de pirataria e contrabando na Suíça e Canadá. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 14 de janeiro de 2011, 7h55

Comentários de leitores

2 comentários

Parcas e...

CHORBA (Bancário)

Foram citadas nesta matéria parcas operações coordenadas pelo Ilustre Delegado.
.
Seria importante se a CONJUR relatasse o final destas operações: Matrix e outras...
.
- Foram com cunho pirotécnico;
- Foram com justiça;
- O Delegado foi justo;
- O custo das operações;
- Qual o resultado;
.
Oitavo colocado no ranking foi "escolhido" com que razão, os demais são incompetentes.
- No caso do Delegado Protógenes na operação que prendeu o Sr. Dantas e outros, o que houve...
.
Se as outras operações foram "parecidas" com a Matrix, por favor, repensem no assunto.
.
Ja sofri ameaças, por isto não posso falar mais.
.
Estou preso em um processo sem fundamento há 6 ANOS... 6 anos a reparar FALHAS da PF e MPF que quando não estão em Férias estão lendo "jornais", pois sequer Lêem os procerssos, o que posso provar no caso da MATRIX.
.
O pior nas ações da PF e MPF é que jamais reconhecem seus erros e quando reconhecem são incapazes de desfazê-los.
.
Estatisticamente a cada dez denúncias feitas pelo MPF, 70 a 80% são arquivados por falta de provas. Pode?
.
Jorge Alencar Chorba
chorbamatrix@gmail.com
http://chorbamatrix.blogspot.com/
55.9623.6520

Promoveram alguns para tirar do caminho...

CHORBA (Bancário)

Foram citadas nesta matéria párcas operações coordenadas pelo Ilustre Delegado.
.
Seria importante se a CONJUR relatasse o final destas operações: Matrix e outras...
.
- Foram com cunho pirotécnico;
- Foram com justiça;
- O Delegado foi justo;
- O custo das operações;
- Qual o resultado;
.
Oitavo colocado no ranking foi "escolhido" com que razão, os demais são incompetentes.
- No caso do Delegado Protógenes na operação que prendeu o Sr. Dantas e outros, o que houve...
.
Se as outras operações foram "parecidas" com a Matrix, por favor, repensem no assunto.
.
Ja sofri ameaças, por isto não posso falar mais.
.
Estou preso em um processo sem fundamento há 6 ANOS... 6 anos a reparar FALHAS da PF e MPF que quando não estão em Férias estão lendo "jornais", pois sequer Lêem os procerssos, o que posso provar no caso da MATRIX.
.
O pior nas ações da PF e MPF é que jamais reconhecem seus erros e quando reconhecem são incapazes de desfazê-los.
.
Estatisticamente a cada dez denúncias feitas pelo MPF, 70 a 80% são arquivados por falta de provas. Pode?
.
Jorge Alencar Chorba
chorbamatrix@gmail.com
http://chorbamatrix.blogspot.com/
55.9623.6520

Comentários encerrados em 22/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.