Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Programa Segundo Tempo

Deputado quer que MP peça prisão do governador do DF

O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) quer que o Ministério Público investigue o governador do Distrito Federal (DF), Agnelo Queiroz e mais oito pessoas. Entre elas, estão os irmãos, um cunhado e a mãe do governante. O pedido foi protocolado nesta terça-feira (13/12) na Procuradoria-Geral da República. Todos são suspeitos de enriquecimento ilícito e envolvimento em atos de corrupção, como informa a Agência Brasil.

O parlamentar pede ainda que seja decretada a prisão preventiva de Agnelo e Ailton Queiroz, irmão do governador, a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos envolvidos e o bloqueio judicial dos bens dos denunciados.

É o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, quem decide se encaminha a denúncia e o pedido de prisão do governador ao Superior Tribunal de Justiça, corte responsável por julgar atos dos governadores.

Reportagem da revista IstoÉ desta semana levanta suspeitas de enriquecimento ilícito de Agnelo e parentes. O patrimônio da família, de acordo com a reportagem, cresceu mais de R$ 10 milhões em três anos, valor que seria incompatível com a renda do governador e dos parentes dele. Agnelo Queiroz é alvo de denúncias de participação em um esquema de desvio de verbas do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2011, 7h01

Comentários de leitores

3 comentários

E AS NOTÍCIAS DE CORRUPÇÃO ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Bom, se for decretar a prisão de todos os políticos, cujo patrimônio não guarda paridade com os vencimentos, temos que convocar eleições imediatas para suprir os mais de 500 congressistas. Será um verdadeiro 'estado de emergência' , a menos que se lhes permitam despachar e discursar de dentro das celas. Não é que farão falta alguma, é que estamos acostumados com escândalos diários e a ausência deles abreviaria, em muito, o nosso tempo de estada no 'troninho' , todas as manhãs, alterando, mesmo, e de forma irreparável o nosso hábito intestinal. Um indiscutível "periculum in mora".

O PSDB que ficar no 1x1

Cynthia Borges (Outros - Civil)

O TRE-RR (Tribunal Regional Eleitoral de Roraima) cassou, nesta terça-feira (13), o mandato do governador José de Anchieta Júnior (PSDB) e do vice Chico Rodrigues (sem partido) por arrecadação e gastos ilícitos na campanha eleitoral de 2010.
Leia mais notícias no R7

Não dá pra acreditar!!!

Flávio (Funcionário público)

Fico pasmo ao ler esse tipo de noticia, ainda mais vindo de orgão tâo conceituado como a Conjur. Um deputado vindo desse psdb só serve para fazer arruaça. Deputados e Senadores desse partideco mostram a quantas anda nossa politica. Duarte Nogueira, Alvaro Dias, fala sério, sem condições.

Comentários encerrados em 22/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.