Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime político

Primeiro preso político que recusou acordo é solto

O prisioneiro político Arnaldo Ramos Lauzurique foi libertado no sábado (13/11) pelo governo de Cuba. Ele é um dos 13 dissidentes que recusaram um acordo de exílio em troca da liberdade e ficará em condicional em sua casa em Havana, capital cubana. As informações foram divulgadas pela Agência Brasil.

A esposa de Lauzurique informou que o casal ficará em Cuba, pois, na idade que se encontram, é difícil começar a vida em outro lugar. Mais velho dos 75 dissidentes do regime presos em 2003, Lauzurique foi condenado a 18 anos de prisão por suas atividades políticas.

Ele é um dos 52 presos políticos cubanos que o presidente Raúl Castro concordou em libertar em julho. Do grupo, 39 pessoas foram soltas e estão vivendo na Espanha. Entre eles, Luis Enrique Ferrer Garcia, que aceitou o acordo de exílio no país espanhol e deve partir em breve.

Revista Consultor Jurídico, 15 de novembro de 2010, 11h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.