Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cúpula da advocacia

AGU nomeia procuradores para seu Conselho Superior

O advogado-geral da União, ministro Luis Inácio Lucena Adams, empossou nesta segunda-feira (8/3) os representantes das carreiras de procuradores federal e do Banco Central do Brasil no Conselho Superior da AGU. Assumiram os cargos o procurador federal Dimitri Brandi de Abreu e o procurador do BC Erasto Villa-Verde de Carvalho Filho.

O Conselho Superior é o responsável pela proposição de concursos de ingresso nas carreiras, a organização das listas de promoção e de remoção, e a confirmação no cargo ou exoneração de membros da AGU.

As eleições contaram com a participação de mais de dois mil procuradores. O resultado da apuração saiu na semana passada. O procurador-geral federal e presidente da Comissão Eleitoral do Conselho, Marcelo de Siqueira Freitas, afirmou que os representantes das carreiras devem "exercer suas novas atividades da forma mais independente possível, compromissados em primeiro lugar com o interesse público e em segundo com os anseios da corporação".

O representante da Procuradoria-Geral Federal no Conselho, Dimitri Brandi, considera que assumir essa responsabilidade "reforça a necessidade de atuação transparente e democrática, em que se faz necessário ouvir a opinião de toda a categoria". Já Erasto Villa-Verde de Carvalho Filho, da Procuradoria junto ao Banco Central, destaca que fará um trabalho focado na importância da Advocacia Pública para a defesa dos interesses da União. "O fortalecimento das carreiras da advocacia pública federal é imprescindível à defesa do interesse e do patrimônio público", afirmou. Com informações da Assessoria de Imprensa da AGU.

Revista Consultor Jurídico, 9 de março de 2010, 3h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.