Consultor Jurídico

Notícias

Perda no Exército

Morre ministro aposentado do Superior Tribunal Militar

Morreu nesta sexta-feira, no primeiro dia do ano, o General de Exército Sergio de Ary Pires, ministro aposentado do Superior Tribunal Militar. A missa de corpo presente será na próxima terça-feira (3/1), às 11h da manhã, no Memorial do Carmo (Caju), Rio de Janeiro. Ele deixa a mulher Zoé Fornari de Ary Pires e três filhas.

Ary Pires, natural do Rio de Janeiro, tinha 92 anos. Ele cursou o Colégio Militar do Rio de Janeiro, concluído em 1936. Foi Primeiro-Tenente, Capitão, Tenente-Coronel, Coronel até chegar a General de Exército, em 1981. Foi também idealizador e primeiro Diretor da Diretoria de Assuntos Especiais, Educação Física e Desportos do Exército (DAED), organizou a V Olimpíada do Exército em 1974, inaugurando o Estádio Mané Garrincha em Brasília.

Pires ainda participou de Conferências e proferiu aulas inaugurais sobre os temas: O Exército na 2ª Guerra Mundial (1977); O Exército e a educação nacional – Faculdade de Direito de Pouso Alegre - MG (1976); O Exército e as Polícias Militares - São Paulo, (1984;) O Exército na vida nacional: ADESG de Juiz de Fora e Barbacena (1977), de São Paulo (1983); Intentona Comunista de 1935 - Rio Janeiro (1977); A Revolução de 1964 - conferência às classes produtoras do Ceará (1978).

No STM, foi nomeado ministro pelo decreto de 16 de março de 1984 e empossado em 17 de maio do mesmo ano. Lá ficou quatro anos e se aposentou, em 17 de agosto de 1988.

Revista Consultor Jurídico, 2 de janeiro de 2010, 15h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/01/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.