Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Meta anunciada

Esmagis vai abrir curso de mestrado no próximo ano

Com o objetivo de investir na capacitação e aperfeiçoamento dos magistrados, a Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis-MT) pretende dar início, em 2011, ao primeiro curso de mestrado da escola. A meta foi anunciada pelo diretor da Esmagis-MT, desembargador Rui Ramos Ribeiro.

Em 2010, a Esmagis-MT entregou os primeiros 84 certificados de conclusão referentes aos dois primeiros cursos de pós-graduação feitos pela escola até o momento: Pós-Graduação em Jurisdição Civil, iniciado em março de 2007, e o Programa de Pós-Graduação – MBA – em Poder Judiciário, iniciado em agosto do mesmo ano.

Para 2011, está prevista a execução de mais 15 cursos de aperfeiçoamento e capacitação para magistrados, a serem feitos em parceria  com a Fundação Getúlio Vargas – FGV Direito Rio. São eles: Direito Eletrônico; Técnicas Atuariais em Previdência Complementar Fechada; Lei Maria da Penha e a Violência Doméstica; Direitos Humanos; Processo Civil nas Leis Esparsas; Direito Ambiental (segunda turma); Direito do Consumidor; Responsabilidade Civil; Ordem Constitucional Econômica; Crime Organizado, Reforma do Código de Processo Penal e Investigação Penal; Medidas Cautelares no Processo Penal; Direito Penal Econômico; Reforma do Código de Processo Penal no Procedimento Ordinário; e Direito Notarial.

A indicação e seleção dos cursos decorre das necessidades apontadas por magistrados diante dos conflitos que surgem no dia-a-dia da atividade profissional. Refletem também novas demandas da sociedade cujos costumes vêm sofrendo vertiginosa transformação, exigindo conhecimento amplo acerca dos mais variados temas, que vai de meio ambiente a crime virtual. Com informações da Assessoria de Imprensa da Emagis-MT.

Revista Consultor Jurídico, 29 de dezembro de 2010, 15h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.