Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Troca de comando

Luís Inácio Adams toma posse na AGU

Mini pres.do STF Gilmar Mendes comparece a posse do Luis Inacio Adams advogado-geral da união. (23/10/2009) - U.Dettmar/SCO/STF

Ex-procurador-geral da Fazenda Nacional, Luís Inácio Lucena Adams tomou posse nesta sexta-feira (23/10) como advogado-geral da União. A cerimônia foi marcada por elogios à gestão do antecessor, José Antonio Dias Toffoli. O ex-advogado geral da União será empossado nesta sexta-feira como ministro do Supremo Tribunal Federal. A informação é da Agência Brasil.

Adams afirmou que, durante 16 anos em que atuou como procurador-geral da Fazenda Nacional, testemunhou o que chamou de aperfeiçoamento das instituições públicas. Para Adams, a AGU tem papel fundamental no funcionamento da democracia. “É com orgulho que assumo esse cargo. É a maior aspiração que posso ter”, disse.

Já Toffoli afirmou que esta é a primeira vez em que a AGU será conduzida por “um participante de carreira”. Na AGU, Adams exerceu o cargo de secretário-geral de Contencioso e foi responsável pela instalação da Procuradoria-Regional Federal da 4ª Região.

"Se pudesse deixar um conselho para a gestão, sugiro que nunca deixe de olhar os humildes e os pobres. Essa instituição existe para o cidadão e para a sociedade e não para si mesma”, disse Toffoli.

“De um Silva para um Adams e de Luiz Inácio para Luís Inácio. Daqui a pouco vão pensar que eu indiquei um filho meu”, disse o presidente Luís Inácio Lula da Silva, durante a cerimônia. O presidente elogiou a atuação do ex-advogado-geral da União e disse que, durante seu mandato, Toffoli não permitiu que apenas os interesses corporativos prevalecessem. O presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes, também esteve presente na posse.

Clique aqui para ler o discurso do presidente Lula.

[Foto: U. Dettmar/STF]

Revista Consultor Jurídico, 23 de outubro de 2009, 12h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/10/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.