Consultor Jurídico

Notícias

Carreira de juiz

Ministro defende rigor em remoção e promoção

O presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, defendeu nesta segunda-feira (16/3) o estabelecimento de critérios mais rigorosos para a remoção e promoção dos magistrados no país.

“Os juízes da Vara de Execução Penal e da Vara da Infância e Juventude precisam ser magistrados vocacionados, o que nem sempre ocorre no Brasil”, destacou o ministro durante encontro na sede da Fundação Abrinq pelos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, em São Paulo (SP).

O ministro informou que o CNJ está estudando a criação de medidas que regulamentem a remoção e promoção de juízes. A ideia, segundo o presidente do CNJ, é fazer com que os Juizados Especiais sejam ocupados por magistrados com qualificação e vocação adequadas para lidar com os temas que deverão julgar. *Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ

Revista Consultor Jurídico, 16 de março de 2009, 16h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/03/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.