Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Atendimento especial

TJ-MG instala Juizado de Conciliação para atender surdos-mudos

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais vai instalar na Faculdade Batista de Belo Horizonte o primeiro Juizado de Conciliação adaptado para atender deficientes, sobretudo surdos-mudos. A inauguração acontece na segunda-feira (27/10), às 19h.

Os conciliadores são voluntários e foram capacitados para o uso da língua brasileira de sinais (libras). Entre os voluntários, estão 64 alunos da Faculdade Batista que participaram, no mês de maio, de um curso para conciliadores.

Hoje, há, em Minas Gerais, 66 postos de atendimento na capital e 254 no interior. No primeiro semestre de 2008, foram agendadas mais de 3 mil reclamações. Foram feitas mais de 1,5 mil sessões de conciliação. No interior, foram feitas 1,9 mil sessões.

O Juizado de Conciliação foi criado em 2002. De lá para cá, cresce o número de acordos. No TJ mineiro, o projeto é coordenado pelo 3º vice-presidente, desembargador Jarbas Ladeira. Com a participação de voluntários, designados pelo Tribunal de Justiça, os juizados resolvem conflitos de forma informal, gratuita e por meio da conciliação.

Revista Consultor Jurídico, 25 de outubro de 2008, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/11/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.