Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Soluções no Judiciário

CNJ vai discutir práticas de gestão em Pernambuco

O Conselho Nacional de Justiça, em parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco, promove, na próxima segunda-feira (17/11), o Encontro Regional do Judiciário. O evento, que será conduzido pelos conselheiros do CNJ Altino Pedrozo e Mairan Maia, reunirá dirigentes dos tribunais de Pernambuco e de Alagoas.

Esse será o último Encontro Regional promovido pelo CNJ este ano, fechando uma seqüência de reuniões realizadas desde setembro para a discussão dos problemas e soluções do Judiciário de cada estado. O movimento foi desencadeado em agosto no Encontro Nacional do Judiciário, ocorrido em Brasília.

O objetivo é garantir o planejamento de ações nacionais, integrando as Justiças Estadual, Federal, do Trabalho, Eleitoral e Militar através do debate de problemas que impedem a agilização do trabalho do Judiciário. Além disso, pretende buscar soluções alternativas que possam ser adotadas para ampliar o acesso da população à Justiça.

Foram convidados a participar do encontro os representantes dos Tribunais de Justiça e dos Tribunais Regionais Eleitorais de Pernambuco e de Alagoas, o Tribunal Regional Federal da 5ª região, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª e 19ª Regiões, além da Auditoria da 7ª Circunscrição da Justiça Militar. Haverá também a participação da juíza auxiliar da presidência do CNJ, Gabriela Knal de Albuquerque e Silva.

Para o CNJ, esse aprimoramento permanente do diagnóstico do Poder Judiciário servirá como medida balizadora do que está sendo feito e do que se pode desenvolver. Assim, busca conhecer os projetos de planejamento e gestão existentes em cada órgão, conhecer propostas e interesses locais, dialogar e criar rede de metas comuns nacionais e locais.

As sugestões de todo o Brasil serão consolidadas em um único documento que irá propor o planejamento estratégico do Judiciário para o aperfeiçoamento da Justiça. O plano será apresentado no dia 16 de fevereiro de 2009, em Belo Horizonte, no 2º Encontro Nacional.

O encontro de Pernambuco será no Hotel Atlante Plaza, em Boa Viagem, a partir das 8h30.

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2008, 19h38

Comentários de leitores

1 comentário

O CNJ já leu a decisão do ministro Menezes Dire...

Republicano (Professor)

O CNJ já leu a decisão do ministro Menezes Direito que afirma não caber ao citado órgão a utilização de instrumentos jurídicos próprios da magistratura, como as liminares? Se, não, precisamos repensá-lo.

Comentários encerrados em 22/11/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.