Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pacificação social

Gilmar Mendes defende incentivo à cultura da conciliação

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, defendeu nesta segunda-feira (26/5) a necessidade de que todos os órgãos da Justiça incentivem e apóiem a cultura da conciliação como melhor forma de pacificação social. A manifestação do ministro ocorreu durante visita, nesta segunda-feira pela manhã, na Defensoria Pública de Mato Grosso.

Gilmar Mendes afirmou que está empenhado em ajudar não apenas na estruturação do Poder Judiciário, mas também de todas as instituições essenciais à Justiça. O ministro visitou o estado para participar da cerimônia de abertura da exposição fotográfica itinerante Supremo Tribunal Federal em Cuiabá, que acontece nesta segunda-feira, às 19h, na Escola dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso.

Na visita à defensora pública-geral do estado, Karol Rotini, o presidente do STF enfatizou que a construção de uma solução pacífica entre as partes é melhor para todos, e contribui também para o desafogamento do Poder Judiciário. “Devemos, tanto quanto possível, incentivar a cultura da conciliação e mediação e a Defensoria pode ajudar muito nesta questão. A judicialização não pode ser a única via, pois a conciliação resolve as demandas de forma muito mais eficiente e rápida”, afirmou o ministro, que também é presidente do Conselho Nacional de Justiça.

A defensora Karol Rotini expôs ao ministro a atual situação da Defensoria Pública, presente em 58 das 79 Comarcas do estado. “Temos autonomia plena. Mas pretendemos colocar um defensor público em cada comarca”, registrou a defensora-pública geral.

Revista Consultor Jurídico, 26 de maio de 2008, 18h59

Comentários de leitores

1 comentário

Como todo o respeito. Conciliação é um presente...

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

Como todo o respeito. Conciliação é um presente aos pilantras. Aos que lesam os outros. No final vai sair barato muito barato para o lesador. Já é uma baba...

Comentários encerrados em 03/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.