Consultor Jurídico

Colunas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Haidar

Toffoli, candidato ao STF, não passou em concurso para juiz

Por 

No saco de maldades dos adversários da candidatura ao Supremo do advogado-geral da União José Antônio Dias Toffoli já tem pedrada preparada: o postulante ao cargo de ministro já disputou, por duas vezes, uma vaga de juiz de primeira instância em São Paulo.

Em 1994, fez o 165º Concurso de Ingresso à Magistratura, sem sucesso. Tentou de novo em 1995, no Concurso 166, e não passou. Nem na primeira fase.

União dos advogados

Santo de casa não faz milagre mesmo. As múltiplas entidades da advocacia pública estão em campanha contra o chefe. Decidiram boicotar o Congresso marcado pela Escola da AGU na semana que vem.

Os organizadores do boicote sugerem duas palestras para o evento: “Qual o melhor caminho para se tornar um ministro do STF?” e “O papel da AGU como formadora de mão de obra para o Judiciário”.

Para colar na parte interna do crachá, os advogados públicos estão distribuindo entre si um desenho de alguém prestes a engolir um sapo.

Repercussão geral

Teve advogado que quase perdeu a paciência. Os desembargadores do Órgão Especial do TJ fluminense, na segunda-feira, ficaram 40 minutos discutindo cores, tamanhos e desenhos da medalha criada para homenagear os colegas que se aposentam. Enquanto isso, mais de 50 pessoas, advogados na maioria, aguardavam o julgamento dos recursos.

O desembargador Bernardo Garcês resumiu a relevância da matéria numismática: “Mais um penduricalho sem mérito”.

Geografia sem privilégios

Na Câmara dos Deputados, para combater o foro privilegiado, o presidente da AMB, Mozart Valadares, na tentativa de mostrar a inviabilidade de um prefeito do interior ser julgado na capital do estado, deu como exemplo a amazônica cidade de Parintins, que, segundo ele, estaria a 1.800 quilômetros de Manaus.

Errou feio. A distância entre as duas cidades do Amazonas é de apenas 370 quilômetros, que podem ser cobertos em uma hora de avião. De barco são 18 horas, uma demora que não impede que milhares de manauaras façam a viagem todo ano para assistir à tradicional Festa do Boi de Parintins. Esse, sim, um privilégio que nenhum amazonense dispensa.

Pesque e Pague

Apesar de anunciar que tomaria “medidas judiciais”, a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca — ou Ministério da Pesca — ainda não decidiu se irá processar Diogo Mainardi. O colunista revelou que a mulher de Olivério Medina, membro das Farc com asilo político no Brasil, conseguiu um salariozinho na pasta, enquanto o marido, preso em Brasília, esperava decisão do Supremo sobre sua extradição.

A decisão de processar o jornalista depende de parecer de Antônio Freitas, assessor jurídico do ministério.

Fazendo água

Depois que o Cansei morreu na praia, a seccional paulista da OAB lança a campanha Defesa das Águas.

Falou e disse

“Trabalhar com tecnologia dentro de um tribunal é como vender biquíni para esquimó”

Cláudio Augusto Pedrassi, juiz assessor da presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Faz e acontece

Aposenta-se, por completar 70 anos, o ministro José Delgado, do Superior Tribunal de Justiça. Jurisprudencialista, Delgado é tido como defensor intransigente da segurança jurídica. Dia 7 de junho, em Brasília.

Encerrado o mandato do procurador da República Mario Luiz Bonsaglia à frente da Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, depois de quatro anos de trabalho em questões eleitorais. No período, a PRE-SP movimentou 19.095 processos. Dia 4 de junho, em São Paulo.

Homenageado o professor de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito do Mackenzie Nelson Mannrich. Ele completou 30 anos de magistério naquela universidade. Dia 1º de junho, em São Paulo.

Programado o lançamento do livro Ele, Maluf, Trajetória da Audácia, produto de uma entrevista do deputado federal ao jornalista Tão Gomes Pinto. O livro promete revelações inéditas de bastidores da vida de um dos mais polêmicos políticos do Brasil. Dia 16 de Junho, em São Paulo.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 5 de junho de 2008, 16h25

Comentários de leitores

51 comentários

Isso náo tem nada a ver. Concurso é decoreba. O...

analucia (Bacharel - Família)

Isso náo tem nada a ver. Concurso é decoreba. O FATO DE NÄO TER SIDO APROVADO EM CONCURSO JURIDICO NÄO SIGNIFICA FALTA DE CAPACIDADE>

AO ANSELMO, O BACHAREL MENTIROSO E BURRO! CO...

Júnior Brasil (Advogado Autônomo - Consumidor)

AO ANSELMO, O BACHAREL MENTIROSO E BURRO! CONTRAVENÇÃO NÃO É COM "S"...RS! SEU PATÉTICO E BURRO! UMA PESSOA SIMPLES QUE LEIA ALGO SOBRE EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO, NÃO SABERÁ O QUE É UMA CONTRAVENÇÃO, LOGO, EU CHAMEI DE CRIME, PARA FICAR MAIS CLARO. ENTENDEU, BURRINHO! ESSA CORREÇÃO VEIO DE UM "COLEGA" QUE JÁ FOI PROCURADO PELA POLÍCIA. PEGUE O NOME DELE E COLOQUE NO GOOGLE E VERÁ. PORTANTO, NÃO O CONSIDEREI, DA MESMA FORMA QUE NÃO LHE CONSIDERO, POIS VOCÊ NÃO RESPEITA OS ADVOGADOS POR NÃO TER CAPACIDADE PARA SE TORNAR UM. EU TAMBÉM NÃO ACEITO QUE UMA CRIANÇA DE 3 ANOS POSSA SER DENUNCIADA E QUEM ME CORRIGIU SOBRE ESSE ASSUNTO TROCA E-MAILS COMIGO E JÁ RESPONDEU À MINHA AFIRMAÇÃO. ISSO É COISA DE ADVOGADO, MAS VOCÊ NÃO ENTENDE, POR NÃO SER UM. ADEMAIS, SER CORRIGIDO, SE FOR O CASO, POR IGUAIS, NÃO HÁ PROBLEMA. É ASSIM QUE SE APRENDE A CADA DIA ALGO DIFERENTE. O PROBLEMA É TER QUE DISCUTIR ASSUNTOS TÉCNICOS COM INCAPAZES, COMO VOCÊ, QUE SE ACOVARDA PERANTE A PRIMEIRA PROVA DE CORAGEM E CAPACIDADE QUE A PROFISSÃO LHE APRESENTA: O EXAME DE ORDEM! VOCÊ É UM PERDIDO. JOGOU DINHEIRO FORA NA FACULDADE E AGORA NÃO SABE O QUE FAZER E SINTO PENA DE VOCÊ. EU NÃO PERSIGO NINGUÉM. APENAS NÃO SOU OBRIGADO A AGUENTAR GENTE ENXERTADA COMO VOCÊ FALANDO MAL DA MINHA PROFISSÃO, SENDO QUE TEM A MESMA FORMAÇÃO QUE EU MAS SE TORNOU UM IRADO POR NÃO CONSEGUIR PASSAR NUM EXAME FÁCIL QUE AFERE UMA CAPACIDADE JURÍDICA MÍNIMA. CONHEÇO DEZENAS DE ESTUDANTES QUE ESTÃO ANSIOSOS PARA PROVAR QUE PODEM PASSAR NO EXAME DE ORDEM E LOGO COMEÇAREM A TRABALHAR. SIGA O MESMO EXEMPLO. COMECE A ESTUDAR E VOLTE VOCÊ PARA A FACULDADE, POIS EU JÁ PASSEI NO EXAME DE ORDEM; JÁ ADVOGO, DIFERENTE DE VOCÊ, QUE REALMENTE É UM FRUSTRADO.

Meu Deus!

ANS (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Meu Deus!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.