Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na Justiça

Morre ministro aposentado Sebastião Alves dos Reis

Morreu no último sábado (9/8), aos 88 anos, o ministro aposentado Sebastião Alves dos Reis. Ele era integrante do extinto Tribunal Federal de Recursos, atual Superior Tribunal de Justiça.

Alves dos Reus publicou vários trabalhos. Dentre eles, teses de sua trajetória acadêmica como “Os Fundamentos Filosóficos dos Direitos Sociais”, “O Pensamento Econômico da Grécia Pré-Socrática” e “O Livre Arbítrio e o Determinismo Penal”.

Ele foi sepultado no domingo (10/8), no Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte. O STJ foi representado na solenidade pelo ministro Fernando Gonçalves.

Revista Consultor Jurídico, 11 de agosto de 2008, 11h09

Comentários de leitores

2 comentários

Essa é uma colocação das idiotas que já presenc...

Gilvandi de Almeida Costa (Estudante de Direito)

Essa é uma colocação das idiotas que já presenciamos m toda a parte juiz aposentado desembargador aposentado. Issi nos traz a falsa idéia de um poder paralelo. É sabido que ao aposentar-se acabou, não é mais nada, tanto isso é verdade que os "ex-juizes" "ex-desembargadores" voltam, as vezes, ao ramo da advocacia, tornam se profissional do direito, logo advogado é que esses indivíduos passam a ser.Não há cargo de ex-desembargador ou de ex-juiz.

O Ministro Sebastião Reis é um espírito elevado...

RWN (Professor)

O Ministro Sebastião Reis é um espírito elevado que agora integra o Pretório Celestial e lá fará o inventário de sua obra de brandura e correção nesta vida. Os que o conhecemos em algum momento de nossas vidas sentimos uma alegria muito grande pela sua passagem entre nós, haja vista as lições de grandeza interior e generosidade com que sempre cunhou os seus passos como cidadão e profícuo operador da Justiça. E com que cultivou a arte da bondade. Senti sua energia generosa ao ensejo do concurso de 1987/88 para Juiz Federal que o pranteado Ministro presidiu. Que Deus o tenha em Sua infinita bondade e que a alma de um homem justo descanse em paz e continue a inspirar mais e mais Magistrados dentre os que ficamos. Roberto Wanderley Nogueira

Comentários encerrados em 19/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.