Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Responsabilidade social

Empresas são premiadas por investir R$ 36 milhões no Brasil

A Câmara de Comércio França-Brasil (CCFB) premiou no dia 13 de junho as empresas que investem em projetos de responsabilidade social no Brasil. Os cinco vencedores da sexta edição do Prêmio LIF – Liberdade, Igualdade e Fraternidade concorreram com outras 53 ações sociais de empresas brasileiras e francesas, associadas ou não à Câmara. Juntas, as iniciativas somam mais de R$ 36 milhões de investimentos em ações sociais em todo o País.

Os vencedores são: Rhodia (categoria Cultura), Telemar Norte Leste (categoria Educação), Sobloco Construtora (categoria Meio Ambiente), IBM Brasil (categoria Saúde) e Ação Comunitária do Espírito Santo (categoria Instituição de Pequeno Porte/ONG).


Este ano, a área de educação recebeu mais projetos: 40% do total. Já as categorias de saúde, cultura, meio ambiente e instituição de pequeno porte/ong receberam 15% cada. A maioria das iniciativas atua no Estado de São Paulo. Das 53 iniciativas participantes, cerca de 62% não tiveram incentivos fiscais.

Os ganhadores foram escolhidos por lideranças do setor de responsabilidade social, como Cenise Vicente, coordenadora do Unicef de São Paulo, como presidente do júri, Marina Schurr, membro da delegação brasileira nas Convenções sobre Mudança do Clima e Diversidade Biológica, Ricardo Voltoline, jornalista responsável pela produção de conteúdos sobre responsabilidade social da Gazeta Mercantil, Marcelo Abrantes Linguitte, diretor da Terra Mater Empreendimentos Sustentáveis e Thereza Lobo, mestre em Sociologia da América Latina.

Confira, abaixo, o resumo dos projetos vencedores:

Categoria Cultura

Empresa: Rhodia

Projeto: Museu de Arte Jovem (MAJ)

O principal objetivo do projeto é incentivar jovens, que estão em situações de risco, a trocar o ambiente das ruas por espaços que possibilitem o desenvolvimento de suas habilidades artísticas e a expressão de nossa cultura por meio da arte.

Categoria Educação

Empresa: Telemar Norte Leste

Projeto: Tonomundo

O Oi Futuro é um espaço de convergência entre passado e futuro, pessoas e idéias, conhecimento e cidadania. Desde sua criação, tem cumprido seu objetivo de democratizar o acesso do público à produção cultural, assim como proporcionar aos artistas espaços de pesquisa, apresentação e reflexão sobre arte e tecnologia.

Categoria Meio Ambiente

Empresa: Sobloco Construtora

Projeto: Programa de gerenciamento de resíduos da Riviera de São Lourenço

O projeto tem como objetivo a redução do volume a ser encaminhado ao aterro do Sitio das Neves, reaproveitar os resíduos gerados, destinar corretamente os resíduos perigosos e/ou de difícil destinação e envolver a comunidade no aquecimento da problemática do lixo.

Categoria Saúde

Empresa: IBM Brasil

Projeto: World Community Grid

O objetivo do projeto é ajudar no avanço de pesquisas científicas sobre saúde (cura de doenças), meio ambiente, fenômenos naturais e a fome. Por meio da tecnologia de grade (grid computing), a capacidade ociosa dos computadores é utilizada para acelerar o desenvolvimento dessas pesquisas.

Categoria Instituição de Pequeno Porte/ONG

Ação Comunitária do Espírito Santo – ACES

Projeto: Pequenos Talentos: O balé ao alcance de todos

O objetivo do projeto é democratizar o acesso de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social à dança clássica contemporânea, utilizando-a como um meio de transformação e desenvolvimento social.

Revista Consultor Jurídico, 16 de junho de 2007, 9h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.