Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem aparo

Falta estrutura para polícias que atuarão no Pan, diz Fenapef

Por 

A Federação Nacional dos Policiais Federais, a Fenapef, divulgou nota nesse fim de semana nota em que denuncia a falta de condições mínimas de estrutura para os policiais federais que vão trabalhar no Rio de Janeiro, na segurança dos Jogos Pan-Americanos.

O diretor de Relações do Trabalho da Federação Nacional dos Policiais Federais, Francisco Carlos Sabino disse que esteve no Rio de Janeiro na quinta-feira (30/5) e descobriu que os policiais da equipe precursora, estão chegando à cidade sem receber diárias e orientações sobre o local. O diretor lembra que há uma liminar que obriga o Departamento a pagar as diárias antes dos policiais viajarem.

Segundo Francisco Sabino, há cerca de trinta dias, foi prometido que a organização do Pan estabeleceria convênio com alguns hotéis para os policiais se hospedarem durante os jogos. “O que se vê, a pouco mais de um mês do início do evento, é que nada foi feito para alojar os policias demonstrando uma completa desorganização”, comenta Sabino. Ela afirma, ainda, que os policiais federais estão fazendo grupos para ficar em apartamentos na zona sul da cidade, onde o preço dos aluguéis está entre R$ 3.000 e R$ 3.500.

Na última semana a Federação já encaminhou ofício ao diretor geral do Departamento pedindo informações sobre as condições de trabalho que serão oferecidas aos policiais durante os jogos. “Estamos preocupados com o que os policiais irão encontrar e com a própria integridade dos nossos quadros durante o Pan”.

A Fenapef, a Ansef e o Sindicato dos Policiais Federais no Rio de Janeiro devem montar um comitê de recepção, apoio e orientação aos federais. “Muitos não conhecem a cidade do Rio e esperamos oferecer um suporte para estes colegas a fim de evitarmos tragédias como a da ECO 92 quando dois policias foram mortos na cidade”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2007, 0h00

Comentários de leitores

3 comentários

E eu vou rir muito. Político pode até enrolar o...

ERocha (Publicitário)

E eu vou rir muito. Político pode até enrolar o povo brasileiro. Mas não o mundo todo. Ai eu quero ver como vão (se é que vão) se explicar.

E nem vai ter a tal estrutura... Seria impossiv...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

E nem vai ter a tal estrutura... Seria impossivel em um mes reabilitar os hospitais, a moradia, as escolas e a dignidade do cidadão carioca Ha meu ver vai haver mesmo émuta bala comendo... A proposito, a violencia no Rio de Janeiro é extremamente baixa, quase não existe se levarmos em consideração a omissão social e politica do Estado e da Burguesia em relação aos menos favorecidos. É violencia proximo de Zero...

É uma piada realizar qualquer evento do Rio de ...

paulo (Advogado da União)

É uma piada realizar qualquer evento do Rio de Janeiro. Somente pessoas alienadas ainda acreditam e propagam uma imagem de uma cidade que já era. O Rio é terra de ninguém, é o retrato mais fiel da incompetência brasileira. Esse pan tem tudo para ser um pandemonio.

Comentários encerrados em 12/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.